Educação para a moderação

Redução de danos na abordagem educacional de crianças sobre produtos químicos e drogas

Autores

  • Regina Figueiredo Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Instituto de Saúde
  • Maria Luísa Eluf Semina Educativa.

DOI:

https://doi.org/10.52753/bis.2020.v21.34630

Palavras-chave:

Crianças e Adolescentes, Educação em saúde, Alimentação, Medicações e drogas, Redução de danos

Resumo

O artigo relata o desenvolvimento de materiais educativos visando o estímulo ao desenvolvimento de noções de autocuidado em saúde e de moderação de consumos e usos de diversas substâncias, favorecendo uma abordagem de autorresponsabilidade, a partir da persepctiva de Redução de Danos e não amedrontadora, para a educação em saúde de crianças. São apresentados os cadernos de exercícios para Ensino Fundamental I, que, através de exercícios e estímulo a pesquisa e análise, abordam o contato com produtos químicos de higiene pessoal e limpeza doméstica, a atenção no consumo alimentar e a moderação do consumo de alimentos prejudiciais, o contato e uso de medicamentos e os perigos de automedicação e ingestão dos mesmo sem acompanhamento de profissionais de saúde, a importância do autocuidado e da frequência à serviços de saúde, enquanto saúde preventiva, e o consumo social e prejuízos do ácool e do cigarro, enquanto drogas legalizadas que necessitam de atenção e moderação de uso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

1. Morin E. O método 5: a humanidade da humanidade a identidade humana. Trad. Machado Juremir Silva. 3.ed. Porto Alegre: Sulina; 2005.
312p.
2. Bourdieu P. Coisas Ditas. São Paulo: Brasiliense; 2004.
3. Toscani O. A publicidade é um cadaver que nos sorri. Rio de Janeiro: Ediouro-Singular; 1995.
4. Bauman Z. A modernidade líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Ed. Zahar; 2001.
5. Derrida J. A Farmácia de Platão. Trad. Rogério da Costa. São Paulo: Iluminuras; 1997.
6. International Arm Reductiona Association (IHRA). O que é redução de danos? - uma posição oficial da Associação Internacional de
Redução de Danos (IHRA) [internet]. [acesso em: 3 dez 2020]. Disponível em: https://www.hri.global/
files/2010/06/01/Briefing_what_is_HR_Portuguese.pdf. Acesso em: 24 abr 2020.
7. Carneiro, H. S.(2009). Bebidas alcoólicas e outras drogas na época moderna. Economia e embriaguez do século XVI ao XVII [internet].
[acesso em: 3 dez 2020]. Disponível em: http://www.neip.info/downloads/t_henrique_historia.pdf. Acesso 14 abr 2020.
8. Lemgruber J, Boiteux L. O fracasso da guerra às drogas. In: Lima RS, Ratton JL, Azevedo RG. (orgs.). Crime, polícia e justiça no Brasil. São
Paulo: Contexto; 2014. pp. 357-362.
9. Brasil. Presidência da República. Lei no 9.393. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília; 20 dez 1996[internet]. [acesso em
24 abr 2020]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.
10. Brasil. Ministério da Educação. Objetivos e conteúdos de saúde para terceiro e quarto ciclos objetivos. In Parâmetros Curriculares
Tradicionais. Brasília: MEC/SEF; 1998[internet]. [Acesso em 24 abr 2020]. Disponível em: http://
portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/saude.pdf. Acesso em 14 abr 2020. Pp.269-283.
11. LDB Lei de diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Senado Federal; 2017[internet]. [acesso em 24 abr 2020]. Disponível
em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf
12. Brasil. Ministério da Educação. A base nacional comum curricular – eduação é a base – Ensino Médio. Brasília;2018.
13. Lika GJR, Ribeiro LMO. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a sua articulação com a legislação para a formação inicial do
professor de língua portuguesa. Trem de Letras. 2017; 3(1):81-108.
14.Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. Currículo do estado de São Paulo e suas tecnologias ciências da natureza. Ensino
Fundamental – Ciclo II e Ensino Médio. São Paulo; 2011.
15. Carlini-Cotrim B A Escola e as Drogas: Realidade Brasileira e Contexto Internacional. [tese]. Pontifícia Universidade Católica de São
Paulo. São Paulo; 1992.16. Domingues PV. Educação e Guerra às Drogas: uma reflexão sobre o PROERD na escola. Alabastro. 2016;
1(7):56-72.
17. Downdney L. Crianças do tráfico – um estudo de caso de crianças em violência armada organizada no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: 7
Letras; 2004.
18. Piaget J. O juízo moral na criança. (Trad. E. Lenardon).São Paulo: Summus; 1994.
19. Vargas EV. Viana. Por uma genealogia das ‘drogas’. In: XXVI Encontro Anual da ANPOCS, 2002, Caxambu - Minas Gerais. Anais
eletrônicos da XXVI Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS; 2002
20. Rosa MAC, Slavutzky SMB, Pechansky F, Kessler F.. Processo de desenvolvimento de um questionário para avaliação de abuso e
dependência de açúcar. Cad. Saúde Pública. 2008; 24(8):1869-1876.
21. Agência Brasil NSC Total. Anvisa alerta sobre aumento de intoxicação por produtos de limpeza - de janeiro a abril
deste ano os CIATox receberam 1.540 registros de intoxicação devido a produtos de limpeza envolvendo adultos. NSCtotal. 18 mai 2020,
08h55hs[internet]. [acesso em 24
abr 2020]. Dispinível em: https://www.nsctotal.com.br/noticias/anvisa-alerta-sobre-aumento-de-intoxicacao-por-produtos-de-limpeza.
Acesso em: 01 jul 2020.
22. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Nota técnica 11 Brasília; 2020. (on line). [acesso em 24 abr 2020].
Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/219201/4340788/SEI_ANVISA+-+1013428+-
+Nota+T%C3%A9cnica+11+2020+GHBIO.pdf/8e4347ead766-493e-aed8-923880530928. Acesso em 1 jul 2020.
23. Arrais PSD, Fernandes MEP, Dal Pizzo TS, Ramos LR, Mengue SS, Luiza VL & cols. Prevalência da automedicação no Brasil e fatores
associados. Rev Saúde Pública 2016; 50(supl.2):13s. [internet]. [acesso em 24 abr 2020]. Disponível em:
https://www.scielo.br/pdf/rsp/v50s2/pt_0034-8910-rsp-s2-S01518-87872016050006117.pdf. Acessoem: 1 jul 2020.
24. Abrahão RC, Godoy JA; Halpern R. Automedicação e comportamento entre adolescentes em uma cidade do Rio Grande do Sul. Aletheia;
2013. 41: 134-153.
25. Richetti GP, Alves Filho JP. Automedicação: um tema social para o Ensino de Química na perspectiva da Alfabetização Científica e
Tecnológica. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia. 2009; 2(1):85-108.26. World Health Organization (WHO).
Medication whitout harm - WHO Global Patient Safety Challenge. Genebra;2017[internet]. [acesso em: 4 nov 2020]. Disponível em:
https://www.who.int/patientsafety/medication-safety/medication-without-harm-brochure/en/
27. Francisca Michelli Medeiros Linhares FMM, Sousa KMO, ENX Martins, Barreto CCM. Obesidade infantil: influência dos pais sobre a
alimentação e estilo de vida dos filhos. Temas em Saúde. 2016; 16(2):460-481.
28. Prevalência de sobrepeso e obesidade e fatores associados em adolescentes na região centro-oeste do estado de São Paulo (SP, Brasil).
Ciênc. Saúde Colet. 2010;15(2):3175-3184.
29. Moreno RS, Ventura RN, Brêtas JRS. Ambiente familiar e consumo de álcool e tabaco entre adolescentes. Rev. Paul. Pediatr. 2009;
27(4):354-360.
30. Fundação Oswaldo Cruz. III Levantamento Nacional sobre o uso de drogas pela população brasileira [internet]. Rio de Janeiro; 2017
[acesso em 24 abr 2020]. Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/34614. Acesso em 1 jul 2020.
31. Semina Educativa. Vida nova. São Paulo; 2001.
32. Semina Educativa. Vida nova 1 – saúde e cidadania para o 1º ano. São Paulo; 2003.
33. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular – educação é a base. Brasília; 2019.
34. Semina Educativa. Vida nova 2 – saúde e cidadania para o 2º ano. São Paulo; 2013.
35. Semina Educativa. Vida nova 3 – saúde e cidadania para o 3º ano. São Paulo; 2013.
36. Semina Educativa. Vida nova 4 – saúde e cidadania para o 4º ano. São Paulo; 2013.
37. Ministério da Saúde (BR). Manual de normas e procedimentos para vacinação [internet]. Brasília; 2014. [acesso em: 6 nov 2020].
Disponível
em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_procedimentos_vacinacao.pdf
38. Semina Educativa. Vida nova 5 – saúde e cidadania para o 5º ano. São Paulo; 2013.

Downloads

Publicado

2020-12-01

Como Citar

Figueiredo, R., & Eluf, . M. L. (2020). Educação para a moderação: Redução de danos na abordagem educacional de crianças sobre produtos químicos e drogas. BIS. Boletim Do Instituto De Saúde, 21(2), 182–191. https://doi.org/10.52753/bis.2020.v21.34630

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>