Memórias da Faculdade de Medicina da Bahia para o patrimônio das Ciências Médicas no Brasil

Autores

  • Adriana Monica Martin Arquiteta pela Universidad Nacional de Rosário. Mestre em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal da Bahia.
  • Roberto Righi Professor Titular da FAU, Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professor Doutor aposentado da FAUUSP. Arquiteto e Doutor pela FAUUSP. Mestre pela COPPE-UFRJ.

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2016.v12.33871

Palavras-chave:

Faculdade de Medicina da Bahia, patrimônio da medicina no Brasil, restauro das pinturas murais

Resumo

Este trabalho sintetiza as pesquisas realizadas por Adriana Monica Martin para fundamentação teórica e prática do restauro do conjunto da Escola de Medicina da Bahia e especialmente do Salão Nobre. A metodologia aplicada relaciona estudos teóricos e práticos. Os teóricos envolvem
fontes primárias e secundárias. Destacam-se dentre elas as do Instituto Geográfico Histórico da Bahia, os jornais da época, documentos do Memorial da Medicina da Bahia, e entrevistas. Dentre os estudos práticos há detalhados levantamentos arquitetônicos, fotográficos e outros feitos no edifício em Salvador, Bahia, que fundamentam suas conclusões. O artigo inicia-se com um histórico dos principais eventos ocorridos naquele conjunto arquitetônico, seguindo com avaliação dos problemas técnicos envolvidos na recuperação do conjunto. A colaboração do Prof.
Dr. Roberto Righi envolve a estruturação, a organização e a revisão do texto.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS E TÉCNICAS. Normas de desempenho Térmico das edificações. Rio de Janeiro, 1994.
ARGOLO, J. D. Abordagem Conceitual sobre Restauro. Revista APCR Associação Paulista de Conservadores Restauradores e Bens Culturais. n. 4, São Paulo, p. 29-32, 2005.
ARGOLO, J. D. A conservação das pinturas murais. Salvador: UFBA/Escola de Belas Artes, 2007 (notas de aula – texto técnico).
BALDINI, U. Teoría de la restauración y unidad metodológica. v. 1. Florência: Nerea/Nardini, 1997.
BALDINI, U. Teoría de la restauración y unidad metodológica. v. 2. Florência: Nerea/Nardini, 1998.
BAZIN, G. A arquitetura religiosa barroca no Brasil. Rio de Janeiro: Record, 1975.
BLANCO MARTIN, F. J. Recuperación de nueve Iglesias y ermitas Del norte de Palencia. Revista R & R, n. 11, Madrid: Prensa Española, 1997. p. 26-39.
BRANDI, C. Teoria de la restauración. Barcelona: Alianza Forma, 1998.
BRITTO, A. C. N. Teria sido criminoso o Incêndio da Faculdade de Medicina da Bahia em 1905? Disponível em: http://www.medicina.ufba.br/. Acesso em: 8 out 2006.
______. A medicina baiana nas brumas do passado. Salvador: EGBA, 2002. CAMARGO, M. V. N. O Colégio dos Jesuítas da Bahia. In______. Projeto de Restauração e Revitalização do Prédio da antiga Faculdade de Medicina: Memorial Descritivo. Salvador: UFBA/FAUFBA/CEAB, 1993. p. 13-69.
CARVALHO, A. M. F. M. O Colégio de Jesus da Bahia e as quatro igrejas do Salvador: um estudo de sua espacialidade, In:______. Colóquio Luso-rasileiro e História da Arte 2000. Salvador Atas... Salvador: UFBA/MAS, 2000. p. 191-215.
CARVALHO, B. A. de. Glossário de Saneamento e Ecologia. Rio de Janeiro: ABES, 1981.
D`AFFONSÊCA, S. P. Um estudo sobre a constituição de antigas argamassas de cal. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal da Bahia. Salvador: UFBA, 1992.
ENTREVISTAS. Entrevista n. 1: Restaurador José Dirson Argolo DATA: 28/09/06, HORA: 10:00.
ENTREVISTAS. Entrevista n. 2: Dr. Lamartine de Andrade Lima, DATA: 10/11/06, HORA: 17:30.
ENTREVISTAS. Entrevista n. 3: Arqta. Silvia D´Affonsêca, DATA: 05/10/06, HORA: 10:30.
ENTREVISTAS. Entrevista n. 7: Dr. Antonio Britto, DATA: 14/11/06, HORA: 11:30.
EOS/UFBA. Diário de Obra Volume XX. Salvador: UFBA, 2001.
JOHNSON, S. M. Deterioro, conservación y reparación de estruturas. Madrid: Blume, 1973. p. 7-23.
KANT, I. Crítica del juicio. Colección Austral. Madrid: Espasa Calpe, 1995.
LEAL, F. M. Catedral Basílica de São Salvador da Bahia, 1657. Salvador: IPAC/Solisluna, 1998. p. 160.
MARTIN, A. M. Application of patern recognition for the Graphics Arts on Architecture Heritage. International Conference on Geometry and Graphics 12TH, 2006, Salvador. Anais... Salvador: ICGG, 2006. p. 120.
MARTIN, A. M. Las Artes Gráficas en el soporte de la Arquitectura. Congresso Internacional de Rehabilitación del Patrimonio Arquitectónico y Edificación. Yaiza: Nueva Gráfica, 2004. p. 238-239.
MARTIN, A. M. Restauração digital dos desenhos gráficos no claustro do Convento de São Francisco, Salvador, Bahia. Simpósio de Técnicas Avançadas em Conservação de Bens Culturais. Olinda: AERPA, 2006. p. 4.
MARTIN, A. M. et al. Simulação Digital da Incidência Solar No Claustro do Convento de São Francisco. Simpósio Nacional de Geometria Descritiva
e Desenho Técnico e VI Internacional Conference on Graphics Engeneering for Arts and Desing. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2005. p. 59.
MORIN, E. Introdução ao pensamento complexo. Lisboa: Instituto Piaget, 2003.
MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez, 2002.
NERY, J. et al. Primeira Aproximação para estudo de clima urbano em Salvador. Encontro Nacional de Conforto no Ambiente Construído Salvador. Salvador: ANTAC/FAUFBA/LACAM, 1997. p. 124-128.
OLIVEIRA, M. Mendonça. Tecnologia da Conservação e da Restauração – Materiais e Estruturas. Salvador: EDUFBA, 2006.
REIS FILHO, N. G. Victor Dubugras. São Paulo: FBSP, 1997.
RESCALA, J. J. Restauração de Obras de Arte. Salvador: UFBA, 1984.
SOUZA FILHO, FERRAZ. Manual do Pintor. São Paulo: LEP ,1964.
VALENTE, M. Conforto Térmico em Salvador. Salvador: UFBA: Centro Editorial e Didático, 1977. p. 7-12.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

Martin, A. M., & Righi, R. (2016). Memórias da Faculdade de Medicina da Bahia para o patrimônio das Ciências Médicas no Brasil. Cadernos De História Da Ciência, 12(2), 74–108. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2016.v12.33871