Desenvolvimento da infraestrutura para abastecimento de água na capital paulista durante o século XX

Autores

  • Vanessa Meloni Massara Engenheira Civil (EE Mauá), Mestre em Engenharia de Construção Civil e Urbana (Poli/USP), Doutora em Energia (IEE/USP), Pós Doutora em Engenharia de Produção (Poli/USP) – Pesquisadora Colaboradora – Poli/USP.

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2015.v11.33880

Palavras-chave:

Sistemas de abastecimento de água (HI-15285), serviços de abastecimento de água potável (HI-15285), aprovisionamento público de água (HI-15285), captação em mananciais (HI- 25023)

Resumo

Este artigo pretende fornecer uma visão geral sobre a implantação e a expansão da infraestrutura de abastecimento de água na cidade de São Paulo durante o século XX, mostrando a evolução da sua distribuição territorial associada a informações numéricas sobre a extensão das redes, o número de ligações e a população atendida. Através da breve narrativa histórica, é possível verificar que a expansão do serviço de água canalizada na capital paulista seguiu a ocupação do território, partindo do centro, no final do século XIX, até chegar aos extremos leste e sul do município, entre as décadas de 1970 e 1980, e aos 100% de atendimento ao final dos anos 1990.

Referências

Azevedo A. (org). A cidade de São Paulo. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1958.
Azevedo Netto, JM. Cronologia do abastecimento de água até 1970. Revista do D.A.E, 1984. v(x) n(137):s.p.
______, NADRUZ N. A estação de tratamento de esgotos de Vila Leopoldina. Revista R.A.E., 1958, v(x), n(31): V-XVI.
Bernardini SP. Construindo infra-estruturas, planejando territórios: a Secretaria de Agricultura, Comércio e Obras Públicas do Governo Estadual
Paulista (1892-1926). [Tese] Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2008.
Brasil. Agência Nacional de Águas. A história do uso da água no Brasil. Do descobrimento ao século XX. Brasília: ANA, 2007.
Campos C. A promoção e a produção das redes de águas e esgotos na cidade de São Paulo, 1875-1892. Anais do Museu Paulista (Impresso), São
Paulo, 2005, v.(13): 189-234.
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Metas para o Abastecimento de Água da Região Metropolitana 1975-78. Folheto: Água para a Grande São Paulo, 1976.
______. Mapa da Rede de Abastecimento de Água. Sabesp, 1995.
______. Mapa simplificado dos manaciais da Região Metropolitana de São Paulo. São Paulo: Sabesp, 1998.
______. Histórico. Sabesp, 2002 [internet] Acessado em: 05/09/2016. Disponível em: http://www.sabesp.com.br.
Empresa Metropolitana de Planejamento – Emplasa.
Sumário de Dados da Grande São Paulo. São Paulo: Emplasa, 1977/1998.
______. Reconstituição da memória estatística da Grande São Paulo. São Paulo: Emplasa, 1993.
Faria RS. A engenharia na construção-estruturação dos setores públicos de obras urbanas do Estado de São Paulo: o caso da Comissão de Obras Novas de Abastecimento de Águas da Capital de São Paulo (1926-1927). In: Salgado I, Bertoni A. (Orgs.). Da construção do território ao planejamento das cidades: competências técnicas e saberes profissionais na Europa e nas Américas (1850-1930). 1.ed. São Carlos: 2010, RIMA, v(1): 171-179.
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo Predial. Região Sudeste. São Paulo: IBGE, 1970.
______. Censo 2000. Indicadores socioeconômicos. São Paulo: IBGE, 2001.
Jorge J. Tietê: o rio que a cidade perdeu. São Paulo, 1890-1940. São Paulo: Alameda/Fapesp, 2006.
Mascaro JL. Custos de Infra-Estrutura: um ponto de partida para o desenho econômico urbano. [Tese] Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.
Universidade de São Paulo, São Paulo, 1979.
Massara VM. O perfil da infra-estrutura no Município de São Paulo e sua relação com as transformações de uso do solo: o centro expandido e a
região de São Miguel Paulista. [Dissertação] Escola Politécnica. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
Motta A. Estudos preliminares para o reforço do abastecimento d’água na cidade de São Paulo. São Paulo: S.N., 1911.
Munford L. The Culture of The Cities. New York: Harcourt, Brace and Company, 1938.
Novaes H. Relatório da Comissão de Obras novas do abastecimento de água da Capital. São Paulo: TYP. Brazil, 1927.
Nucci NLR. Avaliação da demanda urbana de água.
Aspectos econômicos e urbanísticos. A área edificada como possível variável explicativa e prospectiva. Revista do D.A.E, 1983, v(x), n(135): 22-29.
Prefeitura do Município de São Paulo. Plano Urbanístico Básico – Desenvolvimento Urbano. São Paulo: Consórcio Asplan, Daily, Montreal, Wilbur Smith, v(2) – Desenvolvimento Urbano, 1968a.
______. Plano Urbanístico Básico – Infra-estrutura. São Paulo: Consórcio Asplan, Daily, Montreal, Wilbur Smith, 1968b.
______. Planos para cinco regiões administrativas do Município de São Paulo. São Paulo: PMSP, 1985.
______. Relatório da gestão Ademar de Barros 1958-1961. São Paulo: PMSP, 1961.
Queiroz VOS. Abastecimento de água na cidade de São Paulo. Revista do D.A.E, 1964, v(x), n(527): 29-48.
Rolnik R. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. São Paulo: Studio Nobel / Fapesp, 1997.
Sanchez OA. Águas de São Paulo. Um estudo sobre as tentativas de privatização dos sistemas de saneamento básico. [Dissertação] Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 2000.
Sant’Anna DB. Cidade das águas: usos de rios, córregos e chafarizes em São Paulo (1822-1901).
São Paulo: Editora Senac, 2007.
Santiago FA. Quadro dos reservatórios que abastecem a cidade de São Paulo. Revista do D.A.E, 1964, v(x), n(52): 54-55.
Santos FA. Domando as águas. Salubridade e ocupação do espaço na cidade de São Paulo, 1875-1930. [Tese] Instituto de Economia. Universidade Estadual de Campinas, 2006. São Paulo (Cidade) – Coordenadoria Geral de Planejamento – Cogep. Administrações Regionais, 16 v. São Paulo: PMSP, 1975.
______. Companhia de Processamento de Dados do Município de São Paulo – Prodam. Atlas ambiental. São Paulo: PMSP, 2001.
______. Informações urbanas. 2006. [internet] Acessado em 12/05/2012]. Disponível em: http://www.prodam.sp.gov.br
______. Secretaria Municipal de Planejamento – Sempla. Diagnóstico regionalizado do município de São Paulo. São Paulo: PMSP, 1983.
______. Plano do Município de São Paulo 1985-2000. São Paulo: Sempla, 1985.
______. Perfil socioeconômico do Município de São Paulo. São Paulo: Sempla, 2000. São Paulo (Estado) – Departamento de Águas e Energia Elétrica. Distribuição de água e coleta de esgotos em São Paulo: afastamento e disposição de esgotos na área metropolitana. São Paulo: DAEE, 1970.
Telles PCS. História da Engenharia no Brasil – século XX, v(2). Rio de Janeiro: Clube de Engenharia, 1984.
Vargas M. Metodologia da pesquisa tecnológica. Rio de Janeiro: Ed. Globo, 1985.
Whitaker PP. Relatório referente ao ano de 1942. Revista do R.A.E, 1943, v(x), n(12): 24-35.
______. Abastecimento de água na Cidade de São Paulo. Sua Solução. Revista do R.A.E, 1946, v(x)n(17):3-22.
Yassuda ER. Projeto de Abastecimento de água para a região metropolitana de São Paulo 1975-78.
Revista do D.A.E, 1976, v(x), n(106): 24-27.
Zmitrowicz W. Obras públicas de engenharia e sua função na estruturação da cidade de São Paulo. [Tese] Escola Politécnica. Universidade de São Paulo. São Paulo, 1984.
______. A estruturação da cidade pelas rotinas urbanas. [Tese de Livre-Docência] Escola Politécnica. Universidade de São Paulo. São Paulo, 1997.
______. Angelis Neto G. Infra-Estrutura Urbana. [Boletim Técnico] Escola Politécnica. Universidade de São Paulo. São Paulo, 1997.

Downloads

Publicado

2015-06-30

Como Citar

Massara, V. M. (2015). Desenvolvimento da infraestrutura para abastecimento de água na capital paulista durante o século XX. Cadernos De História Da Ciência, 11(1), 46–69. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2015.v11.33880