Allocução proferida pelo Dr. Arthur Neiva, director do serviço sanitario de S. Paulo, na inauguração, no Instituto de Butantan, em 20 de fevereiro de 1918, do Horto Oswaldo Cruz, destinado ao cultivo de plantas toxicas e medicinaes

Autores

  • Arthur Neiva

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2013.v9.34313

Resumo

.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

Neiva, A. (2013). Allocução proferida pelo Dr. Arthur Neiva, director do serviço sanitario de S. Paulo, na inauguração, no Instituto de Butantan, em 20 de fevereiro de 1918, do Horto Oswaldo Cruz, destinado ao cultivo de plantas toxicas e medicinaes. Cadernos De História Da Ciência, 9(2), 132–139. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2013.v9.34313