Bio-Manguinhos 30 anos: a trajetória de uma instituição pública de ciência e tecnologia

Autores

  • Carlos Fidelis Ponte Historiador e mestre em saúde pública da Casa Oswaldo Cruz – Fundação Oswaldo Cruz.

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2007.v3.35696

Resumo

.

Referências

Abrasco. Manifesto da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco) enviado ao Plenário da Conferência Nacional em Ciência, Tecnologia e Inovação. Ciência& Saúde Coletiva, 2001.

Abreu MP (org.) A ordem do progresso: cem anos de política econômica republicana 1889-1989. Rio de Janeiro. Campus, 1989.

Almeida PR. A experiência brasileira em planejamento econômico: uma síntese histórica. Brasília, 2004. (Internet).

Alves GM. Depoimento, 2001. Rio de Janeiro, Fiocruz/Casa de Oswaldo Cruz. Acervo Projeto História de Bio-Manguinhos, 2001.

Benchimol JL (coord.) Febre amarela: a doença e a vacina, uma história inacabada. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2001. DOI: https://doi.org/10.7476/9788575413951

Benchimol JL (coord.) Manguinhos do sonho à vida: A ciência na Belle Époque. Rio de Janeiro, Fiocruz. Casa de Oswaldo Cruz, 1990.

Bermudez J. Remédios: saúde ou indústria? A produção de medicamentos no Brasil. Rio de Janeiro, Relume Dumará, 1992.

Brito N, Wanda H. Entrevista com Vinícius da Fonseca Filho. Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz. Acervo Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 1995.

Buainain AM et al. Propriedade Intelectual e Inovação Tecnológica: algumas questões para o debate atual. In O Futuro da Indústria: Cadeias Produtivas. Brasília, MDIC:IEL Nacional, 2004. (www.desenvolvimento.gov.br/tecnologia/ revistas/revColetanea6.htm).

Camarano AA, Abramovay R. Êxodo Rural, Envelhecimento e Masculinização no Brasil: panorama dos últimos 50 anos. IPEA, Rio de Janeiro, 1999.

Campos ALV, Nascimento DR, Maranhão E. A história da poliomielite no Brasil e seu controle por imunização. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, 2003, 10 (supl 2): 573-600. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-59702003000500007

Carvalho SMP. O Setor Público e a Gestão da Tecnologia na América Latina: relevância das instituições de pesquisa na formulação e implementação de Políticas de Propriedade Intelectual nos campos da Saúde e de Sementes no Brasil. Comisión Econômica Para América Latina Y el Caribe/Organización Mundial de La Propriedad Intelectual, 2005.

Castro AB, Souza Francisco EP. A economia brasileira em marcha forçada. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1985.

Couto A. Depoimento ao Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2005.

CVI. Children Vaccine Iniciative – Task Force on Situation Analysis, 1994.

Embaixada do Brasil em Tóquio – História das relações Nipo-brasileiras. http://www.brasemb.or.jp/porutogatu/index.html. 2006.

Fundação Oswaldo Cruz. Projeto Institucional – Texto aprovado em plenária – Versão preliminar. 1º Congresso da Fundação Oswaldo Cruz.

Ciência e Saúde a Fiocruz do Futuro, agosto de 1988.

Fundação Oswaldo Cruz. Relatório de atividades, 1989.

Fundação Oswaldo Cruz. Relatório de atividades, 1999.

Fonseca Filho O. Carta enviada ao Ministro da Saúde, Paulo de Almeida Machado, em 29 de julho de 1976. Fundo Presidência S. Séc. da Presidência, caixa 14, maço 10, acervo Casa de Oswaldo Cruz.

Fonseca V. Ofício reservado encaminhado ao dr. Paulo de Almeida Machado, Ministro de Estado da Saúde, 28 de dezembro de 1978.

Fonseca V. Depoimento ao Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz. Acervo Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 1995.

Gadelha CAG. Debate: a produção e desenvolvimento de vacinas no Brasil (apresentação e coordenação da sessão debate). História, Ciência e Saúde - Manguinhos, 1996, III, n. 1. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-59701996000100008

Gadelha CAG. O complexo industrial da saúde e a necessidade de um enfoque dinâmico na economia da saúde. Ciência & Saúde Coletiva 2003, 8 (2). DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232003000200015

Gadelha CAG. O complexo industrial da saúde: desafios para uma política de inovação e desenvolvimento. In: Buss Paulo Marchiori (org.) – Vacinas, Soros & Imunizações no Brasil. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2005. DOI: https://doi.org/10.7476/9788575416068.0004

Gadelha P, Hamilton W. Ciência e resistência - Haity Moussatché: um otimista inveterado. Cad. Saúde Pública, Jan./Mar. 1987, 3 (1):.98-118. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X1987000100011

Gremaud AP, Saes FAM, Toneto Jr R. Formação Econômica do Brasil. Editora Atlas S. A, São Paulo, 1997.

Godinho MM. A competitividade das empresas e das nações na “época pró-patente”. Informar Portugal - Nº 3/2005 - Maio 2005. Rev Inst Apoio Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento.

Guerra O. Depoimento, 1986. Rio de Janeiro, Fiocruz/COC. Programa de História Oral, 1991, 291 p., dat.

Hamilton W, Azevedo N. Um estranho no ninho: memórias de um ex-presidente da Fiocruz. Depoimento de Vinícius da Fonseca. História, Ciências, Saúde– Manguinhos, 2001 VIII (1). DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-59702001000200011

Hochman G. A Era do Saneamento - As bases da política de saúde pública no Brasil. 1. ed. São Paulo, Hucitec/ANPOCS, 1998, v. 1, 261 p.

Homma A. Depoimento. Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz, 1997.

Homma A. Depoimento ao Projeto 25 anos de Bio-Manguinhos. Acervo Casa de Oswaldo Cruz, 2001.

Homma A. Depoimento ao Projeto 30 anos de Bio-Manguinhos. Acervo Casa de Oswaldo Cruz, 2006.

HMSO (1993) Realising Our Potential: A Strategy for Science, Engineering and Technology. London, HMSO. A government white paper which is available in the Edward Boyle Library.

Leal MLF. Depoimento ao Projeto 30 anos de Bio-Manguinhos. Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz, 2005.

Lent H. O massacre de Manguinhos. Avenir Editora, Rio de Janeiro, 1978.

Lima G, Edler e Suárez (Orgs.) Saúde e Democracia: história e perspectivas do SUS. Editora Fiocruz, Co-edição com OPS/OMS, 2005. DOI: https://doi.org/10.7476/9788575413678

Macarini JP. A política econômica do governo Médici: 1970-1973. Nova Economia. Belo Horizonte, 2005; 15 (3) 53-92. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-63512005000300003

Matias-Pereira J, Kruglianskas I. Gestão de inovação: a lei de inovação tecnológica como ferramenta de apoio às políticas industrial e tecnológica do Brasil. RAE electron. São Paulo, 2005; 4 (2). DOI: https://doi.org/10.1590/S1676-56482005000200003

Médici AC. Financiamento da saúde. Boletin de la oficina Sanitaria Panamericana. 103:6, pp 571-98, Dezembro de 1987.

Ministério da Saúde. A ação do Ministério da Saúde no controle dos acidentes ofídicos em âmbito nacional. Brasília, 1987.

Ministério da Saúde. Plano Básico para o Qüinqüênio. Acervo da Casa de Oswaldo Cruz. Fundo Presidência. Seção Secretaria da Presidência, caixa 10, maço 2. Documento enviado ao ministro do Planejamento Reis Veloso, em 7 de janeiro de 1975.

Ministério da Saúde. Plano de Auto-Suficiência Nacional em Imunobiológicos. Brasília, 1985.

Moraes JC, Guedes JS. Epidemiologia da meningite por Streptococcus pneumoniae em área metropolitana, Brasil, 1960-1977. Rev. Saúde Pública 1990; 24(5). DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89101990000500002

Moussatché H. Depoimento - Haity Moussatché: homenagem ao guerreiro da ciência brasileira. História, Ciência, Saúde - Manguinhos 1998; 5(2). DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-59701998000200009

Novaes HMD. Da produção à avaliação de tecnologias dos sistemas de saúde: desafios do século XXI. Rev. Saúde Pública, 2006, 40: 133-140. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89102006000400018

Oliva O. Depoimento ao Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2005. 23741016 miolo.indd 137 12.02.08 16:10:52 Cadernos de História da Ciência – InstOliveira M. Depoimento ao Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2005.

OPAS/OMS - Informe Final da Primeira Reunión Técnica sobre Gerencia de Laboratórios Públicos Produtores de Vacunas. Programa Especial para Vacunas e Inmuización/Sw Sistema Regional de Vacunas/Sireva – 1995.

Ponte CF. Vacinação, controle de qualidade e produção de vacinas no Brasil a partir de 1960. História, Ciências e Saúde: Manguinhos, 2003, 10 (supl 2). DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-59702003000500009

Quental J. Depoimento ao Programa de História Oral da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2005.

Salles Filho S. Política de Ciência e Tecnologia no II PBDCT (1976). Rev Bras Inov 2003; 2 (1). DOI: https://doi.org/10.20396/rbi.v2i1.8648872

Santos SGM. Estado, ciência e autonomia: da institucionalização à recuperação de Manguinhos. Dissertação de mestrado. Rio de Janeiro, 1999. Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS)/ Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Schwartzman S. Formação da comunidade científica no Brasil. São Paulo, Editora Nacional, RJ, FINEP, 1979.

Veloso JPR. Pronunciamento do Ministro Chefe da Secretaria de Planejamento da Presidência da República, João Paulo dos Reis Velloso, na solenidade de lançamento do II Plano Básico de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – PBDCT, em 31 de março de 1976.

Vice-Presidência de Desenvolvimento Tecnológico/Asplan/Direção de Bio-Manguinhos - Reforma, Fortalecimento do Estado e Legitimidade Social: Proposta de um novo modelo de gestão pra Bio-Manguinhos,1997.

Downloads

Publicado

2007-06-30

Como Citar

Ponte, C. F. (2007). Bio-Manguinhos 30 anos: a trajetória de uma instituição pública de ciência e tecnologia. Cadernos De História Da Ciência, 3(1), 35–138. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2007.v3.35696