A atuação do Instituto Butantan na Amazônia no século XX

Autores

  • Maria de Fátima Domingues Furtado Pesquisadora VI, Laboratório de Herpetologia (Venenos) - Instituto Butantan, São Paul
  • Myriam Elizabeth Velloso Calleffo Bióloga, Assistente de Pesquisa VI - Laboratório de Herpetologia (Recepção e Coleção) - Instituto Butantan, São Paulo https://orcid.org/0000-0002-4008-8065

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2008.v4.35749

Palavras-chave:

ofiologia, Instituto Butantan, expedições, Amazônia

Resumo

O Instituto Butantan possui um amplo histórico na Amazônia Legal durante sua trajetória. Apresentamos um panorama da participação da instituição na região, seja na ciência ou em serviços prestados a comunidades durante o século passado e o início do século XXI. Historicamente, o desempenho envolveu diversificadas ações: formação de recursos humanos, na forma de cursos e palestras sobre saúde pública, higiene e ofidismo; inspeções sanitárias; expedições científicas para coleta de serpentes em campo; auxilio em coleções zoológicas regionais; remessas de animais por fornecedores privados e institucionais (Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia – INPA e Museu Paraense Emílio Goeldi – MPEG); auxílio à Força Armada Brasileira; participação em resgates de herpetofauna durante o processo de construção de barragens de usinas hidrelétricas. Estas atuações resultaram em publicações sobre a distribuição geográfica, biologia e descrições sistemáticas da fauna ofídica amazônica. Atualmente a Coleção Herpetológica “Alphonse Richard Hoge”, formada por coletas, permutas e doações, contém importante acervo de serpentes neotropicais da Amazônia, imprescindíveis para qualquer estudo a ser realizado sobre este grupo zoológico por pesquisadores nacionais e internacionais.

Referências

Amaral A. Lista remissiva dos ophidios do Brasil. Contribuição ao conhecimento dos ophidios do Brasil. Mem Inst Butantan. TOMO IV, pp.69-125, 1929.
Amaral A. Campanhas antiofídicas. Mem Inst Butantan. TOMO V, pp.193-231, 1930.
Amaral A. Contribuição ao conhecimento dos ophidios do Brasil. VIII. Lista remissiva dos ophidios do Brasil. 2° Edição. Mem Inst Butantan. TOMO X, pp.87-162, 1935/1936.
Belluomini HE, Cembranelli EL, Autuori MP. Wildlife rescue, capture of snakes and establishment of anti-ophidic stations in flooded areas destined for Brazilian hydroelectric power plants. Mem Inst Butantan 40/41:129-154, 1976/77.
Belluomini HE, Autuori MP. Methodology applied in the elaboration of faunal salvage in the region of “Água Vermelha” hydroleletric power plant. Centrais Energéticas de São Paulo – CESP. Mem Inst Butantan 46:119-138, 1982.
Belluomini H, De Biasi P, Puorto G, Fernandes W, Domingues AL. Amostras de população de Bothrops atrox (Linnaeus 1758) apreciadas nas quantidades de veneno obtidas e dados ecológicos (Serpentes: Viperidae: Crotalinae). Bol Mus Par Emílio Goeldi, série Zoologia, 7(1):53-69, 1991.
Calleffo MEV. Inventário da Herpetofauna do Estado do Mato Grosso. Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, Instituto Butantan, SP, Resumos, dezembro, 1999.
Calleffo MEV. Inventário da Herpetofauna do Estado do Mato Grosso. XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia, UFMT/IB - Cuiabá, Mato Grosso, Resumos: p.498. fevereiro, 2000.
Calleffo MEV. Herpetofaunal survey in the area of influence of the Lajeado Hydroelectric plant, Palmas - TO. Mem Inst Butantan, Relatório Bienal 59:150, 2000-2001.
Calleffo MEV, Barbarini CC, Puorto G. Rescue and Explotation of Fauna: Hydroelectric Peixe Angical - Tocantins/Resgate e Aproveitamento de Fauna: A.H.E. Peixe Angical – Tocantins. VIII Reunião Científica Anual do Instituto Butantan, São Paulo. Mem Inst Butantan 63:87, 2006.
Calleffo MEV, Barbarini CC. A origem e a constituição dos acervos ofiológicos do Instituto Butantan. Cad Hist Ciência 3(2):73-100, 2007.
Coluzzi M. Ettore Biocca: an unattainable example of life. Parassitologia 44(1-2):1-2, 2002.
Fonseca F. Instituto Butantan. Sua origem, desenvolvimento e contribuição ao progresso de São Paulo. In: “São Paulo em quatro séculos”, volume 2, Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, editado pela Comissão do IV Centenário da cidade de São Paulo, São Paulo, 269-319. 1954.
Fonseca O. Reportagens: Amazônia. Interesses e Conflitos. Energia e Desenvolvimento da Amazônia. SBPC. 2000. (http://www.comciencia.br).
Fonseca F, Jaggi M. EDP Energias do Brasil – Notícias. Peixe Angical segue em ritmo acelerado. 13 de fevereiro de 2006. (http:// www. energiasdobrasil.com.Br/energia/noticias).
Gomes JF. Contribuição para o conhecimento dos ophidios do Brasil. III. 1. Ophidios do Museu Paraense. Mem Inst Butantan 1(1):57-77, 1918.
Hoge AR. Notas Herpetológicas. 1° Contribuição ao conhecimento dos ofídios do Brasil Central. Mem Inst Butantan 24(2):179-214, 1952 a.
Hoge AR. Notas Herpetológicas. 2° Contribuição ao conhecimento dos ofídios do Brasil Central. Mem Inst Butantan. São Paulo, Brasil. Vol. 24(2), pp.214-224, 1952 b.
Hoge AR. Snakes from the Uaupés Region. Mem Inst Butantan 24(2):.225-230, 1952 c.
Hoge AR. 1953. A new Bothrops from Brazil. Bothrops brazili sp. Mem Inst Butantan 25(1):15-21, 1953.
Hoge AR. A First Record for an Amazonian Snake Similar to the Eastern Brazilian Liophis miliaris (LINNÉ). Copeia 4:511-512, 1955.
Hoge AR. Uma nova espécie de Micrurus (Serp. Elap.) do Brasil. Mem Inst Butantan 27:67-72, 1955/56.
Hoge AR. Três notas sobre Serpentes Brasileiras. Papéis Avulsos do Departamento de Zoologia. Secretaria da Agricultura – São Paulo – Brasil. Vol. 13 art. 17 pp.221-225, 1958.
Hoge AR. Posição Sistemática de Natrix sexcarinatus Wagler 1824. Mem Inst Butantan 30:27-30, 1960.
Hoge AR. Serpentes do Território Federal do Amapá. Atas do Simpósio sobre a Biota Amazônica. Vol. 5 (Zoologia):217-223, 1967.
Hoge AR, Belluomini HE. Serpentes coletadas em Jacareacanga, estado do Pará, Brasil. Mem Inst Butantan 29:15-16, 1959.
Hoge AR, Gans C. A first record for an Amazonian snake similar to the eastern brazilian Liophis miliaris (Linné). Copeia 1965 (4):511-512, 1965.
Hoge AR, Lancini AR. Nota sobre Micrurus surinamensis nattereri Schmidt e Micrurus pyrrhocryptus Cope. Mem Inst Butantan 29:9-13, 1959.
Hoge AR, Mertens R. Eine neue Schlange der Gattung Pseudoboa aus dem State Mato Grosso, Brasilien. Senck. Biol. 36(6/6):.305-308, 1955.Hoge AR, Nina ACM. Serpentes coletadas pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia. Mem Inst Butantan 30:71-96, 1969.
Hoge AR, Romano SARWDL. Leptomicrurus in Brasil (Serpentes – Elapidae). Mem Instituto Butantan 32:1-8, 1965.
Hoge AR, Romano SARWDL. A new species of Chironius (Serpentes – Colubridae). Mem Inst Butantan 34:93-96, 1969a.
Hoge AR, Romano SARWDL. Notes on Pseutes dieperinckii (Schlegel), Serpentes. Mem Inst Butantan 34:89-92, 1969b.
Hoge AR, Romano SARWDL. Micrurus hemprichii hemprichii recorded from Brazil (Serpentes Elapidae). Mem Inst Butantan 35:107-109, 1971.
Hoge AR, Santos NP, Heitor C, Lopes LA, Souza IM. Serpentes coletadas pelo Projeto Rondon VII em Iauareté, Brasil. Mem Inst Butantan 36:221-232, 1972.
Jorge da Silva N. The snakes from Samuel Hydroeletric power plant and vicinity, Rondônia, Brazil. Herpetol Natural History 1(1): 37-86, 1993.
Lucas SM. O Laboratório de Artrópodes do Instituto Butantan e os aracnídeos peçonhentos. História, Ciência, Saúde 10(3):1025-1035, 2003.
Oliveira JL. Cronologia do Instituto Butantan (1888-1981) – 1ª. Parte: 1888 – 1945. Mem Inst Butantan 44/ 45, 1980/81.
Paiva CHA. Samuel Pessoa: uma trajetória científica no contexto do sanitarismo campanhista e desenvolvimentista no Brasil. História, Ciência, Saúde 13(4):794-831, 2006.
Pinto LF. Na Amazônia, o desenvolvimento deixa um buraco. Política. Cadernos de Gramsci. 2p. Abril, 2007.
Prado A. Notas ofiológicas. 2. Observações sobre os ofídios da fauna amazônica, com a descrição de um novo gênero e espécie. Mem Inst Butantan 13:1-7, 1939.
Rocha GM. Novas barragens na Amazônia: apropriação dos recursos hídricos e o desenvolvimento regional. O risco ambiental do complexo hidroelétrico de Belo Monte e alternativas de desenvolvimento sustentável. FGC/NUMA/UFPA. Mestrado Profissional - Programa de Pós Graduação em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local da Amazônia. Junho, 2007.
Ribeiro MAR. Saúde pública e as empresas químico-farmacêuticas. História, Ciências, Saúde - Manguinhos 7(3):607-626, 2001.
Ribeiro do Valle ZP, Biasi P, Cunha LF. Concluído Projeto Tucuruí. Informativo Inst Butantan, Divisão de Extensão Cultural. Ano 1 n° 7. 1984.

Fontes Primárias
Butantan em Notícias. Edição Especial Butantan na Amazônia. Maio/2005, n° 06. Assessoria de Comunicação Social do Instituto Butantan.
Cadernos de Campo de Viagens e Expedições de Pesquisadores do Instituto Butantan.
Livros – Tombo da Coleção de Serpentes “Alphonse Richard Hoge”.
Prontuários do Arquivo de Recursos Humanos do Instituto Butantan.
Registros de Entrada do Cadastro de Fornecedores de Animais do Instituto Butantan.
Relatórios Anuais da Diretoria do Instituto Butantan (1915, 1921, 1948, 1949

Fontes Secundárias
Amazônia – www.amazonia.org.br
ANEEL www.aneel.gov.br/aplicacoes/boletim_energia/documentos/boletim_energia_020.htm
APM Manso - Aproveitamento Múltiplo de Manso reintegra atingidos por barragem | Expo Brasil http://www.rededlis.org.br/?q=pt-br/node/63
Balbina - www.estadao.com.br/amazonia/destruicao_balbina_a_hidreletrica_do_caos.htm
Eletrobrás – www.eletrobrás.com.br/ downloads/IN_Noticias_Assuntos/usina_hidro01
Eletronorte Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A http://www.eln.gov.br
Enerconsult - http://www.enerconsult.com.br/pt/servicos/ProjectPage.asp?s
Furnas Centrais Elétricas - http://www.furnas.com.br/inovacao_ped_0001_02. asp 2000/2001
Governo do Amapá http://www.amapá.net/index.php?option=com_content&view=article&id=72:governo-republicano.no.amapa&catid=27:historia&Itemid=2Helmut Sick – http://pt.wikipedia.org/wiki/Hemut_Sick Hidroelétricas na Amazônia - Copem Engenharia Ltda http://www.copem.com.br/projetos.
IBGE - www.ibge.gov.br/home/geociencias/recursosnaturais/sistematizacao/jamari
Inpa - www.philip.inpa.gov.br/publ_livres/mss%20and%20in%20press/tuc_soc_por_inpa
Museu Paraense Emílio Goeldi – http://www.museu-goeldi.br/institucional/index.htm
Portal da Amazônia - www.portalamazonia.globo.com/artigo_amazonia_az.php?idAz=248
Projeto Rondon – http://www.defesa.gov.br/projeto_rondon/index.php?page=projeto_rondon
Sudam - http://www.sudam.gov.br/2009
Rondônia - www.eln.gov.br/opencms/pilares/geracao/estados/rondonia
Tucuruí - www.mconline.com.br/tucurui/home/internas.php?page=cidade/hidreletrica
UHE Coaracy Nunes - http://www.energiahoje.com/index.php?ver=mat&mid=120

Downloads

Publicado

2008-12-31

Como Citar

Furtado, M. de F. D., & Calleffo, M. E. V. (2008). A atuação do Instituto Butantan na Amazônia no século XX. Cadernos De História Da Ciência, 4(2), 51–88. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2008.v4.35749