Comunicando Más Notícias

  • Juliana Gibello Hospital Israelita Albert Einstein
  • Ana Beatriz Galhardi Di Tommaso Hospital Israelita Albert Einstein
Palavras-chave: Comunicação, Más notícias, Interdisciplinaridade

Resumo

A comunicação de más notícias segue como um desafio para os profissionais na área da saúde. A possibilidade de estar diante de uma doença potencialmente sem cura, por vezes, impossibilita um cuidado de forma integral, uma vez que os receios e as angústias podem adquirir proporções maiores do que de fato a realidade se mostra. Muito, no entanto, pode ser feito pela equipe para melhorar a qualidade do cuidado assistencial de pacientes com doenças graves e suas famílias. Nesse sentido, as equipes de saúde devem promover educação constante, para o aprimoramento das habilidades de comunicação, pois elas têm influência significativa na condução dos casos, por parte de todos envolvidos, sejam médicos, psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais, dentre outros. O trabalho interdisciplinar, através de umaassistência efetiva, cuidadosa, ética, e uma comunicação alinhada entre todos favorecem a possibilidade de um cuidado integrado considerando todas as dimensões importantes para o paciente e sua família: clínica, emocional, social e espiritual. O objetivo do presente relato foi apresentar dois casos clínicos exemplificando as possibilidades e os limites das práticas de comunicação de notícias difíceis no contexto na área da saúde e como as equipes de saúde podem se preparar para desenvolver habilidades que fortaleçam a relação paciente, família e equipe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

01. Silva MJP. O papel da comunicação na humanização da atenção à saúde. Rev Bioética [Internet]. 2009 [acesso em 30 mar 2020];10(2):73–88. Disponível em: http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/article/view/215.
02. Gilligan T, Coyle N, Frankel RM, Berry DL, Bohlke K, Epstein RM, et al. Patient-clinician communication: American society of clinical oncology consensus guideline. J Clin Oncol. 2017;35(31):3618–32.
03. Tavares de Carvalho R, Afonseca Parsons H, organizadores. Manual de Cuidados Paliativos ANCP. Acad Nac Cuid Paliativos. 2012;1–592.
04. Espinoza-Suárez NR, Zapata del Mar CM, Mejía Pérez LA. Conspiración de silencio: una barrera en la comunicación médico, paciente y familia. Rev Neuropsiquiatr [internet]. 2017 [acesso em 30 mar 2020];80(2):125–36. Disponível: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-85972017000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en.
05. Truog R, Campbell M, Curtis JR, Haas C, Luce JM, Rubenfeld GD, et al. Recommendations for end-of-life care in the intensive care unit: a consensus statement by the American College of Critical Care Medicine.Crit Care Med. 2008 [acesso em 30 mar 2020];
36(3): 953-963. Disponível:http://journals.lww.com/ccmjournal/Abstract/2008/03000/Recommendations_for_end_of_life_care_in_the.41.aspx.
06. Rosen S, Tesser A. On reluctance to communicate undesirable information: The MUM Effect. Sociometry [internet]. 1970 [acesso em 30 mar 2020];33(3):253–63. Disponível: http://psycnet.apa.org/psycinfo/1971-26781-001%5Cnhttp://www.jstor.org/stable/2786156?
origin=crossref.
07. Konstantis A, Exiara T. Breaking bad news in cancer patients. Indian J Palliat Care. 2015;21(1).
08. Caprara A, Rodrigues J. A relação assimétrica médico-paciente: repensando o vínculo terapêutico. CienSaude Colet. 2004;9(1):139–46.
09. Baile WF, Buckman R, Lenzi R, Glober G, Beale EA, Kudelka AP. SPIKES-A six-step protocol for delivering bad news: application to the patient with cancer. Oncologist. 2000;5(4):302–11.
10. Baile WF. SPIKES: a Six-Step Protocol for Delivering Bad News: Application to the Patient with Cancer.Oncologist. 2000;5(4):302-11.
11. Gibello J, Amarins Blanco M. Comunicação de más notícias no contexto hospitalar. In: Kernkraut A, Gibello J, Silva A, editores. O psicólogo no hospital: da prática assistencial à gestão de serviço. São Paulo: Blucher; 2017. p. 145-60.
Publicado
2020-07-01
Como Citar
Gibello, J., & Galhardi Di Tommaso, A. B. (2020). Comunicando Más Notícias. BIS. Boletim Do Instituto De Saúde, 21(1), 63-69. https://doi.org/10.52753/bis.2020.v21.36728