Desafios da pesquisa em envelhecimento

Autores

  • Maria Lúcia Lebrão Professora Titular do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.52753/bis.2009.v.33837

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALBALA, C. et al. Encuesta Salud, Bienestar y Envejecimiento (SABE): metodología de la encuesta y perfil de la población estudiada. Rev Panam Salud Publica/Pan Am J Public Health 17(5/6), 2005.
FRIEDLAND, R.B., SUMMER, L. Demography is not destiny. Revisited. Commonwealth Fund pub. 2005. Disponível em http://www.cmwf.org. (nº 789).
LEBRÃO, M.L.; DUARTE, Y.A.O. (org). O Projeto SABE no Município de São Paulo: uma abordagem inicial. Brasília: OPAS/MS; 2003
LIMA-COSTA, M.F.F. et al. The Bambuí health and ageing study (BHAS): methodological approach and preliminary results of a population-based cohort study of the elderly in Brazil. São Paulo: Rev. Saúde Pública, vol.34, n.2, Apr, 2000.
NATIONAL RESEARCH COUNCIL. Preparing for an Aging World: The Case for Cross-National Research. Panel on a Research Agenda and New Data for an Aging
World, 2001. Washington DC. Disponível em http://www.nap.edu/catalog/10120.html
RAMOS, L.R et al. Estudo de seguimento por dois anos de idosos residentes em São Paulo, Brasil: metodologia e resultados preliminares. Rev. Saúde Pública., v. 32, n. 5, 1998. p.397-407.
RUIZ, T.; CHALITA, L.V.A.S.; BARROS, M.B.A. Estudo de Sobrevivência de uma Coorte de Pessoas de 60 Anos e Mais no Município de Botucatu (SP) . Brasil Rev. Bras. Epidemiol. Vol. 6, Nº 3, 2003.

Downloads

Publicado

2009-04-30

Como Citar

Lebrão, M. L. (2009). Desafios da pesquisa em envelhecimento. BIS. Boletim Do Instituto De Saúde, (47), 97–98. https://doi.org/10.52753/bis.2009.v.33837