O cinema, a imagem indígena e as expedições científicas – o caso König Amazonas

Autores

  • Adilson Mendes Graduado em história pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Mestrado (2007) e doutorado (2012), ambos em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Pesquisador associado da Cinemateca Brasileira ao longo da década de 2000, participou de atividades de difusão cultural da instituição. Pesquisador do Instituto Butantan de 2015 a 2017, atualmente é pesquisador voluntário do Lab. de História da Ciência do Butantan.

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2015.v11.33897

Palavras-chave:

Cinema, Povos indígenas, König Amazonas, Expedição científica

Resumo

O filme König Amazonas é reconstruído teoricamente para destacar a maneira como ele reproduz características de uma estética colonial, que representa os povos indígenas a partir de tradições iconográficas e literárias europeias. Exemplo paradigmático, o filme condensa uma série de estereótipos e convenções reconhecidas em outras mídias, construindo-se entre o registro etnográfico e o olhar que tende ao pitoresco.

Downloads

Publicado

2015-12-31

Como Citar

Mendes, A. (2015). O cinema, a imagem indígena e as expedições científicas – o caso König Amazonas. Cadernos De História Da Ciência, 11(2), 224–233. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2015.v11.33897

Edição

Seção

Ensaio/Textos Didáticos