Silvio Romero, a escrita da história e o papel do homem de letras na formação nacional brasileira

Autores

  • Daniel Pinha Silva Professor Adjunto de História do Brasil UERJ/PUC-Rio. Doutor em História Social da Cultura pela PUC-Rio.

DOI:

https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2013.v9.34311

Palavras-chave:

Silvio Romero, história literária, história do pensamento brasileiro

Resumo

O artigo trata da produção intelectual de Silvio Romero (1851-1914) destacando o modo como ele delineia o papel do homem de letras do tempo presente oitocentista na formação nacional brasileira. O autor elege o conceito de literatura para problematizar a produção do conhecimento sobre o Brasil e, mais do que isso, a forma pela qual o homem de letras deve agir com as palavras para a construção de uma independência mental brasileira. Tal reflexão assegura, também, um lugar próprio ao homem de letras, agindo na fronteira entre o mundo civilizado europeu e o contexto nacional.

Referências

Alencar J. Obra Completa em 4 volumes. v(IV). Rio de Janeiro: Editora José Aguilar, 1960. Assis JMM. “Noticia atual da literatura brasileira: instinto de nacionalidade” In: _____. Obra completa. v(3). Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1962.
Guimarães MLS. “Nação e civilização nos trópicos: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Projeto de uma História Nacional”. Estudos históricos, Rio de Janeiro, 1988; n(1).
______. “Reinventando a tradição: sobre o antiquariado e a Escrita da História”. Humanas. Revista de Filosofia e Ciências Humanas. Porto Alegre, 2000; v(23) n(1/ 2).
Magalhães DJG. “Discurso sobre a história da literatura no Brasil”. In: Coutinho A (org). Caminhos do pensamento crítico. v(I). Rio de Janeiro: Pallas Brasília INL, 1980.
Mota MAR. Silvio Romero: dilemas e combates no Brasil da virada do século XX. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2000.
Renan E. “O que é uma nação”. In: Rouanet MH. Nacionalidade em questão. Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, IL, 1997.
Romero S. História da literatura brasileira. 2 vols. Rio de Janeiro: Garnier, 1902. (Romero S., 1902-3, XXVI).
______. O Brasil social e outros estudos sociológicos. Brasília: Senado Federal, Conselho Editorial, 2001
______. “A poesia de hoje”. Cantos do Fim do Século. In: Coutinho A (org). Caminhos do pensamento crítico. v(I). Rio de Janeiro: Pallas Brasília INL, 1980.
Schneider AL. Sílvio Romero, hermeneuta do Brasil. São Paulo: Anablume, 2005.
Souza RAQ (org.) História da literatura brasileira e outros ensaios. Rio de Janeiro: Zé Mario Editor, 2002.
Sussekind F. O Brasil não é longe daqui: o narrador, a viagem. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
Turin R. Narrar o passado, projetar o futuro: Silvio Romero e a experiência historiográfica oitocentista. [Dissertação de Mestrado]. Porto Alegre: Ufrgs, 2005.
Ventura R. O Estilo Tropical História Cultural e polêmicas literárias no Brasil 1870-1914. São Paulo: Cia das Letras, 1991.
Zilberman R. “História da Literatura e Identidade Nacional”. In: Jobim JL (org). Literatura e identidades, Rio de Janeiro, Ed. Uerj, 1999, p. 23-55.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

Silva, D. P. (2013). Silvio Romero, a escrita da história e o papel do homem de letras na formação nacional brasileira. Cadernos De História Da Ciência, 9(2), 91–107. https://doi.org/10.47692/cadhistcienc.2013.v9.34311