Profilaxia para a Internet aberta e a Dark web

  • Rodrigo Filev Maia Universidade de São Paulo. Centro de Estudos Sociedade e Tecnologia
  • Adriana Shimabukuro Ministério Público Federal. Procuradoria da República de São Paulo
Palavras-chave: Internet, Redes de comunicação, Análise de sistemas, Dark Web

Resumo

A Internet aberta, amplamente conhecida e utilizada, é considerada um terreno onde há livre circulação de ideias, sem direcionamento de conteúdos, tendo como antagonista a Dark Web, ambiente criptografado e hostil, origem de crime e de conteúdos maliciosos de toda ordem, com destaque para conteúdos perigosos à saúde física e mental. Neste ensaio, é discutido o que é a Dark Web, bem como quais são de fato seus conteúdos e suas tecnologias básicas. Da mesma forma, é abordado o que é a Internet aberta, explicitando-se que essa está muito longe de ser o território da liberdade e livre expressão, pois pode sim controlar o que é oferecido para o Internauta. Tal controle pode ser feito em parte por causa da tecnologia fundamental da rede, assim como, pelo comportamento das pessoas e pela organização do conteúdo, que segue uma estrutura matemática, chamada de redes complexas. Essas estruturas podem ser utilizadas para se criar bolhas de opiniões ou situações que podem ser utilizadas para infindáveis propósitos. Por fim, pontua-se que a educação e o conhecimento dos fatos sobre ambas as redes são elementos profiláticos para utilizá-las de forma mais segura e saudável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

01. Comer D. Mansfield-Devine S. Tor under attack. Computer Fraud & Security [internet]. [acesso 10 abr 2020]. Disponível: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S136137231470523.
02. Mansfield-Devine, S. Tor under attack. Computer Fraud & Security [internet]. [acesso 20 jul 2020]. Disponível:
https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1361372314705238.
03. Beckstrom M, Lund B. Casting light on the Dark Web: A guide for safe exploration. New York: Rowman &
Littlefield Publishers; 2019.
04. Ozkaya E, Islam R. Inside the Dark Web. Boca Raton: CRC Press; 2019.
05. Brasil. Ministério Público Federal.Operação DarketBalanço [internet]. Porto Alegre: 2020 [acesso 20
jul 2020]. Disponível: http://www.pf.gov.br/agencia/noticias/2014/10/operacao-darknet-balanco
06. Vanhee C, Francotte A, Janvier S, Deconinck E. The occurrence of putative cognitive enhancing research
peptides in seized pharmaceutical preparations: An incentive for controlling agencies to prepare for future
encounters of the kind. Drug Testing and Analysis [internet]. [acesso 10 abr 2020]. Disponível: https://
pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31667971/.
07. Terbium Labs, Gollnick C, Wilson E. Separating fact from fiction: The truth about the Dark Web [internet].
[acesso 10 abr 2020]. Disponível: https://dsimg.ubmus.net/envelope/385643/510233/The%20Truth%20
About%20The%20Dark%20Web.pdf.
08. Burgess A. A Clockwork Orange: Restored Edition. London: Penguin Books; 2013.
09. Pariser Eli. O filtro invisível: o que a internet está escondendo de você. Rio de. Janeiro: Zahar; 2012.
10. Barabási AL. Linked: The new science of networks. Manchester: Perseus Books Group; 2003.
11. Milgram S. The small world problem. Psychology today.1967;2(1):60-7.
12. Granovetter M. The strength of weak ties: A network theory revisited. Sociological theory.
[internet]. 1983;1:201-233. [acesso 10 abr 2020]. Disponível:ttps://www.jstor.org/stable/202051.
13. Albert R., Barabási, A.L. Statistical mechanics of complex networks. Review of Modern Physics
[internet].2001; 74(1). [acesso 10 abr 2020]. Disponível: https://journals.aps.org/rmp/abstract/10.1103/RevModPhys.74.47.
14. Barabási AL, Bonabeau E.Internetworking with TCP/IP Vol. I: Principles, Protocols, and Architecture. New
York: Prentice Hall; 1995.
15. Santaella L. A pós-verdade é verdadeira ou falsa? Barueri: Estação das Letras e Cores, 2019.
16. Marriel G, Cássia J. A Deep Web e os limites do anonimato. Universo Ufes. [internet] 2019; 21 maio
[acesso 30 mar 2020]. Disponível em: https://universo.ufes.br/.t/10.1103/RevModPhys.74.47.
14. Barabási AL, Bonabeau E.Internetworking with TCP/IP Vol. I: Principles, Protocols, and Architecture. New
York: Prentice Hall; 1995.
15. Santaella L. A pós-verdade é verdadeira ou falsa? Barueri: Estação das Letras e Cores, 2019.
16. Marriel G, Cássia J. A Deep Web e os limites do anonimato. Universo Ufes. [internet] 2019; 21 maio
[acesso 30 mar 2020]. Disponível em: https://universo.ufes.br/
Publicado
2020-07-01
Como Citar
Filev Maia, R., & Shimabukuro, A. (2020). Profilaxia para a Internet aberta e a Dark web. BIS. Boletim Do Instituto De Saúde, 21(1), 9-16. https://doi.org/10.52753/bis.2020.v21.36720