Indicadores para o diálogo

Autores

  • Jorge Kayano Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Instituto de Saúde

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Indicadores

Resumo

Segundo Nahas (2003) , o grande motivador da elaboração e uso de indicadores para avaliar o meio urbano foi o IDH, o Índice de Desenvolvimento Humano, lançado pelo PNUD em 1990. O IDH pretende ser uma medida geral, sintética, do desenvolvimento humano. Ele parte do pressuposto de que para aferir o avanço de uma população não se deve considerar apenas a dimensão
econômica, dada pelo Produto Interno Bruto (PIB) per capita, mas também outras características sociais, culturais e políticas que influenciam a qualidade da vida humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

NAHAS, MARIA INÊS P. (2003) Indicadores intra-urbanos como instrumentos de gestão da qualidade de vida urbana em grandes cidades: discussão teórico-metodológica. Disponível em: http://www.virtual.pucminas.br/idhs/site/ conteudo/pobreza_artigos.htm. Acesso em março/2004.

TELLES, VERA S. (2003) Indicadores Sociais entre Objetividade e Subjetividade, In Passos, CAK (Org.) Indicadores, ONGs e Cidadania – contribuições sociopolíticas e metodológicas. Curitiba: ADITEPP/Pólis [GT Indicadores da Plataforma Contrapartes Novib].

Downloads

Publicado

2004-04-30

Como Citar

Kayano, J. (2004). Indicadores para o diálogo. BIS. Boletim Do Instituto De Saúde, (32), 37–38. Recuperado de https://periodicos.saude.sp.gov.br/bis/article/view/38018

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)