Caracterização de isolados de Micobactérias Não Tuberculosas por sequenciamento do gene hsp65 e pela técnica de MALDI-TOF/MS, em isolados com perfis de PRA-hsp65 não descritos

Autores

  • Andréia Rodrigues de Souza Pós-Graduação - Coordenadoria de Controle de Doenças
  • Erica Chimara (orientadora) Pós-Graduação - Coordenadoria de Controle de Doenças

Resumo

As micobactérias estão presentes na natureza e, por conseguinte, em constante
contato com o homem e com os animais. Estão presentes no solo, na água
e no ar, nos sistemas de distribuição de água dos municípios, nas caixas
d’água residenciais e nos reservatórios hospitalares. Algumas espécies de
micobactérias são patogênicas e causam sérios problemas à Saúde Pública,
como M. tuberculosis, M. leprae e M. ulcerans e outras causam doença
principalmente em crianças, idosos e pacientes imunodeprimidos como é o
caso de M. avium, M. intracellulare, M. scrofulaceum, M. szulgai e outras
micobactérias. O Núcleo de Tuberculose e Micobacterioses do Instituto Adolfo
Lutz recebe isolados de todo o Estado de São Paulo para identificação das
espécies de micobactérias. Alguns isolados, identificados pela técnica PRAhsp65, apresentaram perfis ainda não descritos, denominados de Novo Perfil
(NP). No período de 2010 a 2012, 286 isolados foram identificados como
NP. Este trabalho teve por objetivo caracterizar esses isolados por meio do
sequenciamento do gene hsp65 e pela técnica de MALDI-TOF MS, para auxiliar
na redução do tempo de identificação e identificar os pacientes com mais de
um isolado de sítio não estéril ou um isolado de sítio estéril para determinar
o número de casos bacteriológicos na amostragem estudada. Dos isolados dos
anos de 2010, 2011 e 2012 somente 168 isolados apresentaram viabilidade para a
realização do sequenciamento, dos quais 60,1% tiveram identificação definitiva
pelo sequenciamento e 71 foram submetidas à identificação por MALDI-TOF/
MS. Com exceção de dois isolados, os espectros obtidos pelo MALDI-TOF
não atingiram o score necessário para determinação da espécie. Nas amostras
avaliadas, 21 pacientes foram classificados como casos bacteriológicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2019-03-30

Como Citar

1.
Rodrigues de Souza A, Chimara (orientadora) E. Caracterização de isolados de Micobactérias Não Tuberculosas por sequenciamento do gene hsp65 e pela técnica de MALDI-TOF/MS, em isolados com perfis de PRA-hsp65 não descritos. Bepa [Internet]. 30º de março de 2019 [citado 26º de maio de 2024];16(183):39-40. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/BEPA182/article/view/37690

Edição

Seção

Resumo de teses e dissertações