Encontro de Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae) associado a caso canino de Leishmaniose Visceral no município de Caieiras, São Paulo, Brasil

Autores

  • Marcelo Pavone Pimont Superintendência de Controle de Endemias (Sucen).
  • Valéria Cristina de Araújo Superintendência de Controle de Endemias
  • Agnaldo Nepomuceno Duarte Superintendência de Controle de Endemias
  • Ana Cláudia de Araújo Superintendência de Controle de Endemias
  • José Arcanjo da Silva Filho Superintendência de Controle de Endemias
  • Maria Alice da Silva Superintendência de Controle de Endemias
  • Margareth Regina Dibo Superintendência de Controle de Endemias

Resumo

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Secretaria de Estado da Saúde, Superintendência de Controle de Endemias - Sucen e Coordenadoria de Controle de Doenças - CCD. Manual de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral Americana do Estado de São Paulo. São Paulo (SP);2006.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral. Brasília (DF);2014.

Ciaravolo RMC, Henriques LF, Rangel O, Sampaio SMP. Vigilância Entomológica e controle vetorial no Programa de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral no estado de São Paulo. Bol Epidemiol Paulista. 2015; 12(135-136):24-34.

Zuben APB, Angerami RN, Castagna C, Baldini MBD, Donalisio MR. The first canine visceral leishmaniasis outbreak in Campinas, State of São Paulo Southeastern Brazil. Rev Soc Bras Med Trop. 2014;47(3):385-8.

Camargo-Neves VLF. Detecção de Lutzomyia edwardsi infectada na Região da Grande São Paulo. Bol Epidemiol Paulista. 2004;10:14-5.

Rangel O, Hiramoto RM, Henriques LF,Taniguchi HH, Ciaravolo RMC, Tolezano JE, França ACC, Yamashiro J, Oliveira SS. Classificação epidemiológica dos municípios segundo o Programa de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral Americana no Estado de São Paulo. Bol Epidemiol Paulista. 2013;10:3-14.

Prefeitura Municipal de Caieiras. [acesso em 22 ago 2015] Disponível em http://www.cidade-brasil.com. br/municipio-caieiras.html

Scandar SAS, Silva RA, Cardoso-Júnior RP, Oliveira FH. Ocorrência de leishmaniose visceral americana na região de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo, Brasil. Bol Epidemiol Paulista. 2011;8(88):13-22.

Cardin MFM, Rodas LAC, Dibo MR, Guirado MM, Oliveira AM, Chiaravalloti- Neto F. Introduction and expansion of human American visceral leishmaniasis in the state of São Paulo, Brasil, 1999-2011. Rev Saúde Pública. 2013;47:691-700.

Sampaio SMP, Rangel O, Casanova C, Holcman MM, Rodas LAC. Contribuição das pesquisas desenvolvidas na Sucen incorporadas às ações de vigilância e controle dos vetores da leishmaniose visceral. Bol Epidemiol Paulista. 2015;12:45-9.

Downloads

Publicado

2015-11-30

Como Citar

1.
Pavone Pimont M, de Araújo VC, Nepomuceno Duarte A, de Araújo AC, da Silva Filho JA, da Silva MA, Dibo MR. Encontro de Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae) associado a caso canino de Leishmaniose Visceral no município de Caieiras, São Paulo, Brasil. Bepa [Internet]. 30º de novembro de 2015 [citado 24º de abril de 2024];12(143):33-7. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/BEPA182/article/view/38133

Edição

Seção

Informe Técnico