Vigilância entomológica e controle vetorial no Programa de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral no estado de São Paulo

Autores

  • Ricardo Mario de Carvalho Ciaravolo Superintendência de controle endemias
  • Lucia de Fatima Henriques Superintendência de controle endemias
  • Osias Rangel Superintendência de controle endemias
  • Susy Mary Perpétuo Sampaio Superintendência de controle endemias

DOI:

https://doi.org/10.57148/bepa.2015.v.12.39257

Palavras-chave:

leishmaniose visceral, vigilância entomológica

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Elkhoury ANSM. Leishmaniose Visceral: Situação Atual, Vigilância e Controle. Projeção Visual [18/09/2014]. 200 dispositivos:

Comunicação efetuada na Disciplina de Ecologia das Leishmanioses, Fundação Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro: FIOCRUZ; 2014.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de vigilância e controle

da leishmaniose visceral. Brasília (DF); 2006.

Conceição-Silva F, Alves CR (Org.). Leishmanioses do continente americano. Rio de Janeiro: Fiocuz; 2014.

Organização Mundial de Saúde. Health topics: Leishmaniasis. Disponível em

[Acesso em 14 setembro 2014.]

Werneck GL. Expansão geográfica da leishmaniose visceral no Brasil. Cad Saúde Pública. 2010;26(4):644-5.

Costa AIP, Casanova C, Rodas LAC, Galati EAB. Atualização da distribuição geográfica e primeiro encontro de Lutzomyia longipalpis

em área urbana no estado de São Paulo, Brasil. Rev Saúde Pública. 1997;31(6):632-3.

Camargo-Neves VLF, Rodas LAC, Pauliquévis- Júnior C, Sampaio SMP, Andrighetti MTM, Scandar SAS et al. A Leishmaniose Visceral

Americana no Estado de São Paulo e a estruturação do Programa de Vigilância e Controle Estadual. Bol Epidemiol Paulista. 2006;1(3):40-5.

Rangel O, Hiramoto RM, Henriques LF, Taniguchi HH, Ciaravolo RMC, Tolezano JE et al. Classificação epidemiológica dos municípios

segundo o Programa de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral Americana no Estado de São Paulo, para 2013. Bol Epidemiol Paulista.

;10(111):5-16.

Ciaravolo RMC, Rangel O, Henriques LF, Sampaio SMP. Transmission patterns of the American Visceral Leishmaniasis in the State of

São Paulo. In: Anais do XVIII Congresso Internacional de Medicina Tropical e Malária e XLVIII Congresso da Sociedade Brasileira de

Medicina Tropical; 2012; Rio de Janeiro, BR. p. 462.

São Paulo. Secretaria da Saúde. Leishmaniose Visceral Americana. São Paulo; 2000 .

São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde . Manual de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral Americana do Estado de São Paulo. São Paulo; 2006. 145p.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Nota Técnica de 2011.

Esclarecimento sobre dúvidas levantadas pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo no oficio CCD nº 38/2011 do dia 14 de fevereiro de

Coordenação Geral de Doenças transmissíveis/Unidade Técnica de Zoonoses Vetoriais e Raiva; Brasília (DF); 2011.

São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Comitê de Leishmaniose Visceral Americana.

Classificação epidemiológica dos municípios segundo o Programa de Vigilância e Controle da leishmaniose visceral americana no estado. Bol

Epidemiol Paulista. 2011; 8(96):32-6.

Lima Junior FEF. Vigilância Nacional da Leishmaniose Visceral: um panorama de diferentes realidades em um país continental.

Projeção visual. [2014]. 47 diapositivos: Comunicação efetuada no II Fórum de leishmaniose visceral americana, Bauru, agosto 2014.

Gomes LH, Meneses RF, Vieira PA. Serviços municipais de controle de zoonoses no estado de São Paulo: Diagnóstico situacional e índice

de potencial de risco para a leishmaniose visceral americana. São Paulo: Secretaria de Estado da Saúde. Coordenadoria de Controle de

Doenças. Editora Imprensa Oficial; 2013. 55 p.

Ciaravolo RMC. Papel da Sucen no Programa de LVA em Questões Relativas ao Reservatório Doméstico. Vector. Informativo Técnico e

Científico. Superintendência de Controle de Endemias. São Paulo.Secretaria da Saúde de São Paulo. 2011;9:12-3.

São Paulo. Secretaria da Saúde. Portaria nº 66, de 05 de junho de 2009. Institui o Núcleo de

Estudos de Leishmaniose Visceral Americana. Diário Oficial do Estado São Paulo, Seção 1, p.33.

São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças.Portarianº 25, de 22 de dezembro

de 2009. Institui o Comitê de LVA da SES. Diário Oficial do Estado São Paulo, seção Legislativo, p. 17.

Ciaravolo RMC, Rangel O, Sampaio SMP, Henriques LF, Casanova C, Rodas LC et al. Relatório do Núcleo de estudos de Leishmaniose Visceral Americana apresentado ao Conselho Técnico Administrativo da Superintendência de Controle de Endemias. 2013. 15 p.

Holcman MM, Sampaio SMP, Rangel O, Casanova C. Spatial and seasonal distribution of Lutzomyia longipalpis in Dracena, a city in the

western region of the State of São Paulo, Brazil, that is endemic with visceral leishmaniasis. Rev Soc Bras Med Trop. 2013;46(6):704-12.

Rangel O, Sampaio SMP, Ciaravolo RM, Holcman MM. The distribution pattern of Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae) in

the peridomiciles of a sector with canine and human visceral leishmaniasis transmission in the municipality of Dracena, São Paulo, Brazil.

Mem Inst Oswaldo Cruz. 2012;107(2):163-9.

São Paulo (Estado).Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Superintendência de Controle de Endemias.

Material para o Gestor: Manejo Ambiental para Controle da Leishmaniose Visceral Americana. Org.: Henriques LF, Rangel O, Ciaravolo RMC,

Martinosso S, Crespo GC, França R. São Paulo: 2012, 26p.

São Paulo (Estado) . Secretaria da Saúde Coordenadoria de Controle de Doenças. Superintendência de Controle de Endemias.

Material para Educador: Projeto Legal pra Cachorro. Controle da Leishmaniose Visceral Americana: guarda responsável de animais. Org.: Henriques LF, Gomes LH, Viaro O, São Paulo:2012, 32p.

Downloads

Publicado

2023-05-03

Como Citar

1.
Ciaravolo RM de C, Henriques L de F, Rangel O, Sampaio SMP. Vigilância entomológica e controle vetorial no Programa de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral no estado de São Paulo. Bepa [Internet]. 3º de maio de 2023 [citado 17º de junho de 2024];12(135/136):24-3. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/BEPA182/article/view/39257

Edição

Seção

Especial de 40 anos da Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN) 1975-2015 / v.12 n. 135 -136 (2015)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>