Incidência da esquistossomose mansoni em imigrantes oriundos de outros Estados
PDF

Como Citar

1.
Corrêa MO Álvares. Incidência da esquistossomose mansoni em imigrantes oriundos de outros Estados. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 29º de janeiro de 1953 [citado 13º de julho de 2024];13(1-2):91-8. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/33238

Resumo

Depois de salientar a função difusora da esquistossomose desempenhada pela imigração de outros Estados do país no Estado de São Paulo, o autor fornece dados da infestação helmintológica encontrados em 1.010 imigrantes - 579 do sexo masculino e 431 do sexo feminino - e a análise estatística dos mesmos. Foram encontrados 248 (24,5%) casos positivos para ovos de Schistosoma mansoni, sendo 130 (22,4%) do sexo masculino e 118 (27,3%) do sexo feminino (quadro 3). A análise estatística (quadro 4) revelou a existência de associação positiva entre o sexo masculino e positividade nos indivíduos com idade abaixo de 10 e acima de 30 anos. Nos grupos etários de 10 a 30 anos, a associação ocorre entre sexo feminino e positividade. Menciona, depois (quadro 6), os municípios do Estado de São Paulo que têm recebido imigrantes em maior quantidade, indicando-os como merecendo prioridade em eventual campanha profilática.

https://doi.org/10.53393/rial.1953.13.33238
PDF

Referências

1. AMARAL,D. F. e P. LIMA - 1941 - Sôbre o encontro de exemplares adultos de S. mansani, na cavidade intestinal, em casos de autópsia. Brasil Médico 55: 237-240.

2. ARANTES,A. - 1924 - 11 casos autóctones de esquitossomose, em Santos. Bol. Soc. Med. Cir. S. Paulo 6(7): 64-65.

3. BRASIL. MINISTÉRIODA EDUCAÇÃO e SAÚDE. DEPARTAMENTO NACIONAL DE SAÚDE Distribuição geográfica da esquistosomose mansônica no Brasil. Rio de Janeiro, Divisão de Organização Sanitária, 1950.

4. COUTINHO,J. O. - 1951 - Contribuição ao estudo da esquistossomose mansônica no Estado da Bahia - Brasil. Arq. Hig. Saúde Públ. 16(47): 3-42.

5. COUTINHO,J. O. e S. B. PESSÔA- 1949 - Sôbre um foco autóctone de esquistossomose mansônica em Jacarézinho (norte do Estado do Paraná - Brasil). Hospital 35(4) : 531-542.

6. FERREIRA,J. M. e J. ALVESMEIRA - 1952 - Três casos de esquistossomose mansoni procedentes do interior do Estado de São Paulo (Ourinhos, Palmital e Ipauçú). Foco autóctone na cidade de Ourinhos. Rev. Paul. Med. 41(1): 15-18.

7. MAGALHÃES,Z. PAIVA - 1949 - Esquistossomíase mansoni. Novo foco autóctone em Santos. Rev. Inst. Adolfo Lutz 9: 5-17.

8. MEIRA,J. ALVES- 1947 - Esquistossomíase mansoni. Arq. Fac. Hig. Saúde Públ. 1(1): 5-146.

9. MEIRA, J. ALVESe A. D. F. AMARAL- 1940 - Considerações sôbre disseminação helmíntica entre operários, com especial referência aos casos positivos para S. siercoralis e S. mansoni. Rev. Biol. Hig. (S. Paulo) 10(2): 119-137.

10. MOURA, S. A. LEÃO DE - 1945 - Esquistossomose mansoni autóctone em Santos. Rev. Inst. Adoljo Lutz 5 : 279-31l.

11. MOURA, S. A. LEÃO DE - 1952 - Contribuição do Laboratório Regional de Santos na epidemiologia da esquistossomose mansoni em Santos. Rev. Inst. Adolfo Lutz 12: 97-109.

12. PELLON, A. BARCA e I. TEIXEIRA - 1950 - Vide Brasil. Ministério da Educação e Saúde. Departamento Nacional de Saúde.

13. REY, L. e COLABORADORES- 1953 - Comunicação pessoal.

14. SÃO PAULO. SECRETARIADA AGRICULTURA- Boletim do Departamento de Imigração e Colonização, ns. 5, 6 e 7.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1953 Marcelo Oswaldo Álvares Corrêa

Downloads

Não há dados estatísticos.