Carotenóides de tomate e extrato de tomate: verificação da ocorrência de γ-caroteno

Autores

  • Mieko Kimura Departamento de Ciência de Alimentos, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Unicamp, Campinas, SP
  • Delia Rodriguez-Amaya Departamento de Ciência de Alimentos, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Unicamp, Campinas, SP

DOI:

https://doi.org/10.18241/rial.v62i1.34945

Palavras-chave:

tomate, produtos de tomate, carotenóides, γ-caroteno

Resumo

Tomate e extrato de tomate estão entre os alimentos mais consumidos no mundo. Embora as suas composições de carotenóides tenham sido amplamente determinadas, algumas inconsistências podem ser verificadas na literatura. No Brasil, usando cromatografia em coluna aberta (CCA), o γ-caroteno foi detectado em tomate fresco, mas não em vários produtos de tomate. Por outro lado, altas quantidades deste carotenóide foram relatados em produtos de tomate americanos, usando cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Assim, este trabalho foi realizado para verificar se a diferença nos dados é devido à variação natural ou um artefato da análise. Em tomate fresco foram identificados trans-licopeno, fitoeno, fitoflueno, β-caroteno, luteína, 13-cis-licopeno, 15-cis-licopeno, γ-caroteno, trans-ζ-caroteno, cis-ζ- caroteno, e neurosporeno. Em extrato de tomate, além destes carotenóides, foram detectados o cis-β- caroteno e quatro carotenóides não identificados. γ-Caroteno foi encontrado em  concentrações comparáveis nos extratos de tomate brasileiros e americanos, a níveis muito menores que do β-caroteno, aparentemente abaixo do limite de detecção do CCA. A remoção da pele e o estado de maturação do tomate fresco não justificariam a perda de γ-caroteno nos extratos de tomate brasileiros, indicando o envolvimento da degradação. Os resultados não corroboraram com os altos níveis de γ-caroteno reportados nos produtos...

Referências

1. Abushita, A.A.; Daood, H.G.; Biacs, P.A. Change in carotenoids and antioxidant vitamins in tomato as a function of varietal and technological factors. J. Agric. Food Chem., 48: 2075-81, 2000.

2. Hart, D.J.; Scott, K.J. Development and evaluation of an HPLC method for the analysis of carotenoids in foods, and the measurement of the carotenoid content of vegetables and fruits commonly consumed in the UK. Food Chem., 54: 101-11, 1995.

3. Heinonen, M.I.; Ollilainen, V.; Linkola, E.K.; Varo, P.T.; Koivistoinen, P.E. Carotenoids in Finnish foods: vegetables, fruits, and berries. J. Agric. Food Chem., 37: 655-9, 1989.

4. Gross, J. Pigments in fruits. London: Academic Press; 1987. p. 160.

5. Khachik, F.; Goli, M.B.; Beecher, G.R.; Holden, J.; Lusby, W.R.; Tenorio, M.D.; Barrera, M.R. Effect of food preparation on qualitative and quantitative distribution of major carotenoid constituents of tomatoes and several green vegetables. J. Agric. Food Chem., 40: 390-8, 1992.

6. Micozzi, M.S.; Beecher, G.R.; Taylor, P.R.; Khachik, F. Carotenoid analysis of selected raw and cooked foods associated with a lower risk for cancer. J. Natl. Cancer Inst., 82: 282-5, 1990.

7. Müller, H. Determination of the carotenoid content in selected vegetables and fruit by HPLC and photodiode array detection. Z. Lebensm. Unters. Forsch. A, 204: 88-94, 1997.

8. Rodriguez-Amaya, D.B. A guide to carotenoids analysis in foods. Washington, D.C.: International Life Sciences Institute Press, 1999, 64 p.

9. Tavares, C.A.; Rodriguez-Amaya, D.B. Carotenoid composition of Brazilian tomatoes and tomato products. Lebens. Wiss. Technol., 27: 219-24, 1994.

10. Tee, E.S.; Lim, C.L. Carotenoid composition and content of Malaysian vegetables and fruits by the AOAC and HPLC methods. Food Chem., 41: 309-39, 1991.

11. Thompson, K.A.; Marshall, M.R.; Sims, C.A.; Wei, C.I.; Sargent, S.A.; Scott, J.W. Cultivar, maturity, and heat treatment on lycopene content in tomatoes. J. Food Sci., 65: 791-5, 2000.

12. Tonucci, L.H.; Holden, J.M.; Beecher, G.R.; Khachik, F.; Davis, C.S.; Mulohozi, G. Carotenoid content of thermally processed tomato-based food products. J. Agric. Food Chem., 43: 579-86, 1995.

Publicado

2003-04-30

Como Citar

Kimura, M. ., & Rodriguez-Amaya, D. . (2003). Carotenóides de tomate e extrato de tomate: verificação da ocorrência de γ-caroteno. Revista Do Instituto Adolfo Lutz, 62(1), 21–6. https://doi.org/10.18241/rial.v62i1.34945

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)