Investigação e isolamento de Leishmania: criopreservação de amostras de biópsias de lesões cutâneas na Leishmaniose Tegumentar Experimental
pdf

Palavras-chave

Leishmania, isolamento
L (V.) braziliensis
L. (L.) amazonensis
Leishmaniose Tegumentar experimental
Criopreservação
Biópsias

Como Citar

1.
Araujo M de FL de, Reina RB, Gorla MCO, Monteiro AV, Tolezano JE. Investigação e isolamento de Leishmania: criopreservação de amostras de biópsias de lesões cutâneas na Leishmaniose Tegumentar Experimental. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 1993 [citado 28º de maio de 2024];53(1-2):81-4. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/36061

Resumo

Foi investigada a viabilidade do isolamento de Leishmania (V.) braziliensis e L. (L.) amazonensis a partir da criopreservação, a -20oC, -70 oC e -196 oC, de amostras de biópsias de lesões cutâneas de hamsters (Mesocricetus auratus) experimentalmente infectados. Biópsias de 2mm de diâmetro foram obtidas de lesões de patas de hamsters. Metade das biópsias foi acondicionada em tubos de poliestireno para congelamento, contendo 1,0 ml de solução salina estéril e 0,1 ml de glicerol. As amostras restantes foram, individualmente, maceradas em solução salina estéril e acondicionadas em alíquotas de 1,0 ml em tubos de poliestireno para congelamento, com 0,l ml de glicerol. Foram constituídos três grupos de tubos, que foram mantidos, inicialmente, por uma noite a 4 oC, sendo transferidos sucessivamente para -20 oC, -70 oC  e -196 oC, que foram as temperaturas de manutenção, respectivamente, para os grupos 1, 2 e 3, que assim permaneceram por um período de 60 dias. Após este período as amostras foram descongeladas e examinadas em esfregaços, culturas e inoculações desses materiais. Ambas as espécies de Leishmania sobreviveram na condição de manutenção estabelecida para o grupo 1, ou seja -20' oC, tanto em biópsia como em homogenizado de macerado de biópsia. L. (L.) amazonensls sobreviveu, também, na condição de manutenção do grupo 3, a -196 oC.

https://doi.org/10.53393/rial.1993.53.36061
pdf

Referências

1. ALVES, C.R. & MARZOCHI, M.C. de A. – Axemic culture's comparative study of six subspecies of Leishmania from the New and Old World in coconut Water. Men. Inst. Oswaldo Cruz. 82:81, 1987.

2. BARRAL, A.; ALMEIDA, R.P.; JESUS, A.R.; MEDEIROS NETO, E.; SANTOS, J.A. & JOHNSON Jr., W. The relevance of characterizing Leishmania from cutaneous lesions. A simple approach for isolation. Mem. Inst. Oswaldo Cruz, 82:579, 1987.

3. CUBA-CUBA, C.A.; NETIO, E.M.; COSTA, E.M.; COSTA, J.LM; BARRETO, A.C. & MARSDEN, P.D. - El cultivo "in vitro" como instrumento prãcríco para el diagn6stico y aislamiento primário de Leishmanla brazlliensls brazillensis. 2. Estudios en pacientes de áreas endêmicas. Rev. Inst. Med. trop. São Paulo, 28:317-324, 1986.

4. CUBA-CUBA, C.A.; NETTO, E.M.; MARSDEN, P.D.; ROSA, A.C.; CUENTAS, E.A.L & COSTA, J.LM. - Cultivation of Leishmania braziliensis braziliensis from skin ulcers in man under field conditions. Trans. R. Soc. Trop. Med. Hyg., 80:456-457, 1986.

5. EVANS, D., ed. Characterization Leishmania. Handbook on isolation and cryopreservation Leishmania.

6. GOMES, A.C. - Perfil epidemiológico da leishmaniose tegumentar no Brasil. An. bras. dermatol., 67:55-60, 1992.

7. HENDRICKS, LD. & WRlGHT, N. - Diagnosis of cutaneous leishmaniasis by "in vitro" cultivation of saline aspirate in Schneider's Drosophila medium Amer. J. trop. Med. Hyg., 28:962-964, 1979.

8. JAFFE, C.L; GRlMALDI, G. & McMAHON - PRATT, D. - The cultivation and cloning of Leishmania. In: MOREL, C.M., (ed.) Genes and Antigens of Parasites: A Laboratory Manual. UNDP/WORD BANK WHO Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases. Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro. Brasil. p. 47-91, 1984.

9. JAMES, E.R. - Maintenance of Parasitic Protozoa by cryopreservation. In KIRSOP, RE. & SNELL, J.J.S., (ed.) - Maintenance of microorganisms. A Manual of Laboratory Methods. Academic Press, London, 1984. p. 161-177.

10. MARZOCHI, M.C. de A.; TEIXElRA, P.C.; MARZOCHI, K.B.F.; CONCEIÇÃO, N.F.; COUTINHO, W. & BRITO, D.B. – Vaccum aspiratory puncture system for Leishmania culturing, isolation and transport. Preliminary report. Rev. Inst. Med. trop. São Paulo, 35:301-303,1993.

11. WANDERLEY, D.M.V.; GONZAGA, E.Z.S.; GALIMBERTI, M.Z.; TOLEZANO, J.E. & CORRÊA, F.M.A. - Aspectos epidemiol6gicos da leishmaniose tegumentar americana. Anais do Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Natal-RN, 1990.

12. WHO. Technical Report Series Control of leishmaniasis: report of a WHO Expert Committee. Wld. Hlth. Org. techn, Rep. Ser. 793:1-158.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1993 Maria de Fátima Lereno de Araujo, Rosangela Borges Reina, Maria Cecilia Outeiro Gorla, Almir Venilton Monteiro, José Eduardo Tolezano

Downloads

Não há dados estatísticos.