Avaliação de resultados discrepantes obtidos na execução de PCR em tempo real em amostras de pacientes com suspeita clínica de meningite bacteriana
PDF

Palavras-chave

reação em cadeia da polimerase em tempo real
meningite bacteriana
diagnóstico laboratorial
N. meningitidis
S. pneumoniae
H. influenzae

Como Citar

1.
Salgado MM, Gonçalves MG, Higa FT, Fukasawa LO, Oliveira PL de, Silva CN da, Sacchi C tavares. Avaliação de resultados discrepantes obtidos na execução de PCR em tempo real em amostras de pacientes com suspeita clínica de meningite bacteriana. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 22º de fevereiro de 2012 [citado 18º de julho de 2024];72(2):161-4. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/32912

Resumo

O princípio básico para obter resultado confiável é a compatibilidade entre as réplicas e sua reprodutibilidade. Na rotina diagnóstica por PCR em tempo real (PCR-TR), em que centenas de amostras são processadas, a obtenção de resultados com Cts tardios ou réplicas que diferem entre si por mais de três unidades, são inevitáveis. Das 3.000 amostras processadas em 2010, em duplicata, na rotina diagnóstica das meningites bacterianas por PCR-TR na pesquisa de N. meningitidis, S. pneumoniae e H. influenzae,
157 (5,2 %), apresentaram inconsistência entre as réplicas (diferença entre Cts maior do que 3) e/ou altos valores de Cts; e os ensaios foram retestados. O presente trabalho investigou estes resultados obtidos, os benefícios destas repetições e as possíveis razões da ocorrência dos resultados discrepantes. Verificouse que, apenas 18 (11 %) das amostras submetidas à repetição, apresentaram resultados positivos. Erros humanos inerentes à pipetagem, como o uso de pipetas não calibradas, a baixa concentração de DNA alvo nas amostras, a degradação da sonda ou mesmo a possível contaminação aleatória são fatores que
contribuem para induzir resultados discrepantes. A realização do ensaio de PCR-TR com amostras em
duplicata e a repetição de ensaios com resultados discordantes é um artifício eficiente para avaliar e definir
estes resultados.

https://doi.org/10.18241/0073-98552013721558
PDF

Referências

1. Wu HM, Cordeiro SM, Harcourt BH, Carvalho MGS, Azevedo J, Oliveira TQ, et al. Accuracy of real-time PCR, Gram stain and culture for Streptococcus pneumoniae, Neisseria meningitidis and Haemophilus influenzae meningitis diagnosis. BMC Infect Dis. 2013;13:26-44.

2. Fukasawa LO, Salgado MM, Marques EGL, Fernandes RMBP, Kemp B, Carvalhanas TR. Validação da técnica de contraimunoeletroforese (CIE) para o diagnóstico laboratorial das meningites causadas por Neisseria meningitidis sorogrupos A, B, C e W135. BEPA. 2012;9(102):13-20.

3. Sacchi CT, Fukasawa LO, Gonçalves MG, Salgado MM, Shutt KA, Carvalhanas TR, et al. Incorporation of Real-Time PCR into Routine Public Health Surveillance of Culture Negative Bacterial Meningitis in São Paulo, Brazil. PLoS ONE. 2011;6:1-8.

4. Mothershed EA, Sacchi CT, Whitney AM, Barnett GA, Ajello GW, Schmink S, et al. Use of real-time PCR to resolve slide agglutination discrepancies in serogroup identification of Neisseria meningitidis. J Clin Microbiol. 2004;42:320-8.

5. Carvalho MGS, Tondella ML, McCaustland K, Weidlich L, McGee L, Mayer LW, et al. Evaluation and improvement of real-time PCR detection assays to lytA, ply, and psaA genes for detection of pneumococcal DNA. J Clin Microbiol. 2007;45:2460-6.

6. Corless CE, Guiver M, Borrow R, Edwards-Jones V, Fox AJ, Kaczmarski EB. Simultaneous detection of Neisseria meningitidis, Haemophilus influenzae, and Streptococcus pneumoniae in suspected cases of meningitis and septicemia using real-time PCR. J Clin Microbiol. 2001;39:1553-8.

7. Emery SL, Erdman DD, Bowen MD, Newton BR, Winchell JM, Meyer RF, et al. Real-Time Reverse Transcription–Polymerase Chain Reaction Assay for SARS-associated Coronavirus. Emerging Infect Dis. 2004;10:311-6.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2012 Maristela Marques Salgado, Maria Gisele Gonçalves, Fábio Takenori Higa, Lucila Okuyama Fukasawa, Priscilla Lima de Oliveira, Carla Naufal da Silva, Cláudio tavares Sacchi

Downloads

Não há dados estatísticos.