Infecção humana por Lagochilascaris minor Leiper 1909, no Vale do Ribeira, estado de São Paulo, Brasil (Relato de Caso)
pdf

Palavras-chave

Lagochilascaris minor
abscesso cervical
Vale do Ribeira
Brasil

Como Citar

1.
Monteiro AV, Zapotoski SMK, Torres DMAGV, Berenchtein MA, Pinto PLS. Infecção humana por Lagochilascaris minor Leiper 1909, no Vale do Ribeira, estado de São Paulo, Brasil (Relato de Caso). Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 2004 [citado 19º de julho de 2024];63(2):269-72. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/34873

Resumo

Os autores relatam um caso de lagoquilascaríase em paciente de 26 anos, com lesão tumoral supurativa fistulizada na região cervical direita da cadeia júgulo carotídea média, com eliminação de vermes adultos de ambos os sexos, estágios larvários e ovos de Lagochilascaris minor. Realizado o tratamento com Albendazol 400 mg/dia por trinta dias e posteriormente com uma dose de 12 mg de Ivermectina, houve regressão do quadro clínico, com formação de processo cicatricial. Ao que tudo indica, o caso relatado é o segundo descrito no estado de São Paulo e o primeiro no Vale do Ribeira.

https://doi.org/10.53393/rial.2004.63.34873
pdf

Referências

1. Amato, J.F.R.; Grisi, L.; Pimentel Neto, M. Two cases of fistulated abcesses caused by Lagochilascaris major in domestic cat. Mem. Inst. Oswaldo Cruz, 85: 471-3, 1990.

2. Artigas, P.T. et al. Sobre um caso de parasitismo humano por Lagochilascaris minor Leiper, 1909, no estado de São Paulo, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. São Paulo, 10: 78-83, 1968.

3 . Barbosa, C.A.L.B.; Campos, D.M.B. Avaliação da eficácia terapêutica da Ivermectina sobre larvas de quarto estágio de Lagochilascaris minor em gatos infectados experimentalmente. Rev. Soc. Bras. Med. Trop., 34: 373-6, 2001.

4. Campos, D.M.B. et al. Experimental life cycle of Lagochilascaris minor Leiper, 1909. Rer. Inst. Med. trop. São Paulo, 34: 277-87, 1992.

5. Campos, D.M.B.; Barbosa, C.A.L.; Paçô, J.M. Ocorrência do ciclo auto-infectante na lagochilascaríase felina experimental. Rev. Bras. Parasitol. Vet., 2: 60, 1993.

6. Chieffi, P.P.et al. Infecção cutânea por Lagochilascaris minorTratamento e cura rápida pelo levamizol. An. bras. Dermatol., 56: 141-4, 1981.

7. Costa, H.M.A. et al. Lagochilascaris minor Leiper, 1909 (NematodaAscaridae) de origem humana. Rev. Inst. Med. trop. São Paulo, 28: 126-130, 1986.

8. Craig, T. M. et al. Parasitic nematode (Lagochilascaris major) associated with a purulent draining tract in a dog. J. Am. Vet. Med. Assoc, 181: 69-70, 1982.

9. Dell’Porto, A.; Schumaker, T.T.S.; Oba, M.S.P. Ocorrência de Lagochilascaris major Leiper, 1910 em gatos (Felis catus domesticus) no Estado de São Paulo, Brasil. Rev. Fac. Med. Zootec. Univ. São Paulo, 25: 173-80, 1988.

10. Fraiha, H.; Leão, R.N.Q.; Costa, F.S.A. Lagochilascaríase humana e de animais domésticos. Zoon. Rev. Inst., 1: 25-33, 1989.

11. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Censo 2000. [http://www.ibge.gov.br/cidadesat/default.php]. 18 maio 2004.

12. Paçô, J. M. Comprovação experimental da importância de roedores silvestres na transmissão da lagochilascaríase. [Dissertação de Mestrado] Goiânia: Universidade Federal de Goiás, p.82, 1994.

13. Paçô, J.M.; Campos, D.M.B. Lagochilascaris minor Leiper, 1909: Nove décadas de revisão bibliográfica. Rev. Pat. Trop, 27: 11-34, 1998.

14. Palheta-Neto, F.X. et al. Contribuição ao estudo da lagoquilascaríase humana. Rev. Bras. Otorrinolaringol. , 68: 101-5, 2002.

15. Santos, V.M. et al. Relato de caso de infecção humana por Lagochilascaris minor. An. Bras. Dermatol., 65: 189-92, 1990.

16. São Paulo 92: Perfil ambiental e estratégias – Governo do Estado de São Paulo, Secretaria do Meio Ambiente, Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental – CETESB – São Paulo, 1992.

17. Smith, J.L.; Bowman, D.D.; Little, D.D. Life cycle and development of Lagochilascaris sprenti (Nematoda: Ascarididae) from opossums (Marsupialia: Didelphidae) in Lousiana. J. Parasitolol., 69:736-745, 1983.

18. Sprent, G.F.A. Speciation and development in genus Lagochilascaris. Parasitology, 62: 71-112, 1971.

19. Veloso, M.G.P. et al. Lagoquilascaríase humana, sobre três casos encontrados no Distrito Federal, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. São Paulo, 34: 587-91, 1992.

20. Vieira, M.A.; Oliveira, J.A.; Barbas, C.A.L. Avaliação da eficácia do Albendazol na lagochilascaríase murina experimental. Rev. Patol. Trop., 25: 253-62, 1996.

21. Vieira, M.A. et al. Relato de caso de lagochilascariose humana procedente do estado do Pará, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop., 33: 87-90, 2000.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2004 Almir Venilton Monteiro, Silvia Mayumi Koga Zapotoski, Domingas M. A. G. Vieira Torres, Márcio A. Berenchtein, Pedro Luiz Silva Pinto

Downloads

Não há dados estatísticos.