Ocorrência de Salmonella spp em carne de frango comercializada no município de Bauru, SP, Brasil
pdf

Palavras-chave

Salmonella
carne de frango

Como Citar

1.
Matheus DP, Rudge AC, Gomes SMM. Ocorrência de Salmonella spp em carne de frango comercializada no município de Bauru, SP, Brasil. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 29º de agosto de 2003 [citado 21º de julho de 2024];62(2):111-5. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/34924

Resumo

Salmonella spp é um dos patógenos mais comumente relacionados com enfermidades transmitidas por alimentos em humanos e é, freqüentemente, associada com o consumo de aves e produtos derivados, no Brasil e no mundo. Este estudo foi conduzido para avaliar a contaminação de carcaças de frango resfriadas, comercializadas diretamente ao consumidor, no município de Bauru, São Paulo, Brasil. No período de abril de 1996 a agosto de 1999, foram coletadas 102 amostras no comércio varejista para pesquisa de Salmonella spp. Dessas, seis (5,9%) foram positivas para Salmonella e, entre os sorotipos isolados, S. Enteritidis foi o mais freqüente com quatro (66,7%) isolamentos, seguido de um (16,7%) isolamento de S. Ouakam e um (16,7%) de S. Saintpaul. Apesar dos resultados terem demonstrado uma porcentagem de contaminação menor do que a verificada em outras pesquisas, os resultados obtidos para S. Enteritidis são semelhantes ao de pesquisas recentes, reforçando a tendência deste sorotipo configurar um problema de Saúde Pública no município de Bauru, SP.

https://doi.org/10.53393/rial.2003.62.34924
pdf

Referências

1. Arroyo, G.; Arroyo, J. A. Detection of Salmonella serotypes in edible organ meats from markets in Madri, Spain. Food Microbiol. 12:13-20, 1995.

2. Arumugaswamy, R. K.; et al. Prevalence of Salmonella in raw and cooked foods in Malaysia. Food Microbiol., 12:3-8, 1995.

3. Ávila, F. A.; Ferreira, M. D.; Silva, E. D. Salmonella em carcaças de aves manipuladas nos abatedouros de Belo Horizonte. Arq. Esc. Vet. U.F.M.G., 26:211-4, 1974.

4. Baú, A. C.; Carvalhal, J. B.; Aleixo, J. A. G. Salmonella em produtos de frango e ovos de galinha comercializados em Pelotas, RS. Hig. Alim.,13:26, 1999. (Resumo).

5. Benenson, A. S. El control de las enfermedades transmisibles en el hombre. Washington: OPAS, 1992. p. 458-63.

6. Berchieri Jr., A.; et al. Salmonella em um abatedouro avícola. Ars. Vet., 3:81-7, 1987.

7. Brasil. Lei nº 7889, de 23 de Novembro de 1989. Dispõe sobre a inspeção sanitária e industrial dos produtos de origem animal, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 24 de Novembro de 1989. Seção 1, parte 1, 1p.

8. Brasil. Secretaria de Defesa Agropecuária - MAA. Portaria nº 210, 10 de Novembro de 1998. Aprova o Regulamento Técnico da Inspeção Tecnológica e Higiênico-Sanitária de Carne de Aves. Republicado no Diário Oficial da União, Brasília, 05 de Março de 1998.Seção 1, nº 43, p. 17-23.

9. Cunha Netto, S. J.; Brant, P. C.; Pessoa, G. V. A. Sorotipos de Salmonella isolados de carcaças de frango de corte em 3 abatedouros de Belo Horizonte, MG. Arq. Esc. Vet. U.F.M.G., 28:125-9, 1976.

10. Cunha Netto, S. J.; Brant, P. C.; Pessoa, G. V. A. Sorotipos de Salmonella isolados de Concentrado, Cama e Carcaças de Frangos de Corte em duas granjas em Goiania, GO., 1974. Arq. Esc. Vet. U.F.M.G., 34:337-44, 1982.

11. Dawson, P. S. Control of Salmonella in poultry in Great Britain. Int. J. Food Microbiol., 15:215-7, 1992.

12. Flowers, R. S.; et al. Salmonella. In: Vanderzant, C., Splittstoesser, D. F. Compendium of methods for microbiological examinations of foods. 3 ed. Washington: American Public Health Association, 1992, p. 371- 422.

13. Gast, R. K. Paratyphoid infections. In: Calnek, B.N. Diaseases of poultry. 10. ed. Ames: Iowa State University Press, 1997, p.97-121.

14. Gelli, D. S.; et al. Normas de coletas de amostras de alimentos. São Paulo: L.C.I.A.L., 1989. 85 p.

15. Gonçalves, P. M. R.; Franco, R. M.; Zamborlini, L. C. - Enumeração de enterococos e coliformes fecais, pesquisa de Salmonella e indicação presuntiva de Proteus, em cortes e miúdos de frangos (Gallus domesticus) congelados. Hig. Alim., 12:42-7, 1998.

16. Irino, K.; et al. Progression of Salmonella Enteritidis phago type 4 strains in São Paulo State, Brazil. Rev. Inst. Med. Trop. São Paulo, 38:193-6, 1996.

17. Jobson, B. Salmonella in UK produced retail raw chicken. London: UK Department of Health (Report), 1995. (Abstract).

18. Lírio, V. S.; et al. Freqüência de 17 sorotipos de Salmonella isolados em alimentos. Hig. Alim., 12:36-42, 1998.

19. Mulder, R. W. A. W. Impact of transport and related stresses on the incidence and extent of human pathogens in pigmeat and poultry. J. Food Saf., 15:239-46, 1995.

20. Plummer, R. A. S.; Blissett, S. J.; Doss, C. E. R Salmonella contamination of retail chicken products sold in the U.K. J. Food Prot., 58:843-6, 1995.

21. Popoff, M. Y.; et al. Supplement 2000 (no. 44) to the Kauffmann-White scheme. Res. Microbiol., 152: 907-909, 2001.

22. Sá Barreto, E. S.; Ramos, S. M. Pesquisa de Salmonella em cortes congelados de frango comercializados no município Rio de Janeiro. Hig. Alim., 13:53-4, 1999. (Resumo)

23. São Paulo, Secretaria de Estado da Saúde. Sistema VetaVigilância de enfermidades transmitidas por alimentos. São Paulo: C.V.S., 1994. 96 p.

24. São Paulo, Secretaria de Estado da Saúde. Análise dos surtos de enfermidades transmitidas por alimentos. São Paulo: S.E.S./ C.V.S., 1998. 20 p.

25. Silva, E. N. Salmonella Enteritidis em aves e saúde pública. Hig. Alim., 9:7-13, 1995.

26. Silva, J. A. Microorganismos patogênicos em carne de frangos. Hig. Alim., 12:9-12, 1998.

27. Sockett, P. N. The epidemiology and cost of diseases of public health significance, in relation to meat and meat products. J. Food Safety, 15:91-112, 1995.

28. Taunay, A. E.; et al. The role of public health laboratory in the problem of salmonellosis in São Paulo, Brazil. Rev. Inst. Med. Trop., 38:119-27, 1996.

29. Tate, C. R.; et al. The isolation of Salmonella from poultry environmental samples by several enrichment procedures using plating media with and without novobiocin. Poultry Sci., 69:721-6, 1990.

30. Vieira, C. R. N.; Teixeira, C. G. Condições higienico-sanitárias de carcaças de frango resfriadas comercializadas em Poços de Caldas, MG. Hig. Alim., 11:36-40, 1997.

31. WHO - World Health Organization Control of Salmonella infections in animals and prevention of human foodborne Salmonella infections. Bull. WHO, 72:831-3, 1994.

32. Wierup, M.; Engström, B.; Engvall, A.; Wahlström, H. Control of Salmonella Enteritidis in Sweden. Int. J. Food Microbiol., 25:219-26, 1995.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2003 Daniel P. Matheus, Aristides C. Rudge, Sônia M. M. Gomes

Downloads

Não há dados estatísticos.