Fluoreto em água: Estudo de metodologia analítica e níveis encontrados na região de Campinas
pdf

Palavras-chave

águas de abastecimento
fluoreto, avaliação de
teor de fluoreto em águas
método eletrodo de íon seletivo
estudo comparativo de métodos

Como Citar

1.
Pereira da Silva Freitas V, Mandel Brígido B, Evangelina Alge M, Leopoldo e Silva C, Zenebon O, Leopoldo Ferreira Antunes J. Fluoreto em água: Estudo de metodologia analítica e níveis encontrados na região de Campinas. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 1996 [citado 25º de abril de 2024];56(2):29-36. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/36603

Resumo

Foi efetuado estudo comparativo de três métodos analíticos para a determinação de fluoreto em água de abastecimento: SPADNS, alizarina com disco comparador colorimétrico e eletrodo de íon seletivo; este último foi selecionado como o mais adequado para o controle de fluoreto em águas para a rede de Laboratórios de Saúde Pública, devido a sua exatidão, precisão e rapidez. Foram analisadas 759 amostras de águas de abastecimento público dos municípios da região de Campinas, de janeiro ajulho de 1994, com o objetivo de subsidiar as autoridades sanitárias. Foi observado que dos 76 municípios estudados apenas 33 (43,4%) fluoretaram com regularidade; 9 (11,8%) fluoretaram de modo descontínuo e 30 (39,5%) não procederam a fluoretação. Os dados obtidos demonstram a importância de levantamentos sistemáticos para instruir a ação da vigilância, uma vez que, comparando-se estes resultados com levantamento realizado em 1991, constatou-se uma significativa redução no número de municípios que efetuaram a fluoretação de modo regular.

https://doi.org/10.53393/rial.1996.56.36603
pdf

Referências

1. ADDE, C.A.; ARMONIA,L.P.; ROCHA,R.G. & TOR TAMANO,N. - Riscos de intoxicação aguda por compostos fluorados de uso odontológico.
Rev. apcd, 47: 1193-202, 1993.

2. AMERICAM DIETETIC ASSOCIATION - Position of the Americam Dietetic Association: the impact of fluoride on dental health. J Am. Diet. Assoc., 94 (12 Dec): 1428-31, 1994.

3. AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION - Standard methods jor the cxamination of water and wastewater. 16 ed., Washington, A.P.H.A., 1985, p.352-62.

4. AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION - Standard methods for the examination of water and wastewater. l S" ed., Washington, A.P.H.A., 1992, p. 4-59-63.

5. ANALION. Manual de instrução: analisador pH/ fluoretos modo P.M. 606 F, p. 1-22.

6. ANGMAR-MANSSON, B.; DE-JOSSELIN-DEJONG, E.; SUNDSTROM, F.& TENBOSCH, J.J. - Strategies for improving the assesment of dental fluorosis: focus on optical techniques. Adv. Dent. Res., 8 (1 Jun): 75-9, 1994.

7. AOBA, T. - Strategies for improving the assesment of dental fluorosis: focus on chemical and biochemical aspects. Adv. Dent. Res., 8 (1 Jun): 66-74, 1994.

8. BRASIL. Leis, decretos, etc. - Portaria 11'. 36/GM do Ministério da Saúde de 19 de janeiro de 1990. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de janeiro de 1990. Aprova normas e padrões de potabilidade da água destinada ao consumo humano, a serem observados em todo o território nacional.

9. BRASIL. Leis, decretos, etc. - Portaria n°. 635/Bsb de 26 de dezembro de 1975. Diário Oficial da União, Brasília. Aprova normas e padrões sobre a fluoretação da água dos sistemas públicos de abastecimento, destinada ao consumo humano.

10. CARVALHO, AC. - Teores de fúor em águas da cidade de Bauru. Rev lnst. Adolfo Lutz, 22/23: 6972, 1963.

11. CROSBY, N.T.; DENNIS, AL. & STEVENS, J.G. - An evaluation of some methods for the determination offluoride in potable waters and other aqueous solutions. Analyst, Lond., 93: 643-52, 1968

12. ELLWOOD, R.P. & O'MULLANCE, D.M. Association between enamel opacities and dental caries in a north Wales population. Caries Res., 28 (5): 383-7, 1994.

13. FEATHERSTONE, J.D. - Fluoride, remineralization and root caries. Am. J Dent.,7 (5 Oct):271-4, 1994.

14. FEJERSKOV, O.; LARSEN, M.J.; RICHARDS, A. & BAELUM, V. - Dental tissue effects of fluoride. Adv. Dent. Res., 8 (I Jun): 15-31, 1994. 15. FLUORETAÇÃO - Uma proposta a favor da saúde. Apostila datilografada. São Paulo: CETESB/ SABESP, 1985, p. 1-54.

16. Fluoretação da água como fazer a vigilância sanitária? Cadernos de Saúde Bucal da Rede Cedros, 2: 7-20, 1992.

17. FORMAGGIA,D.M.E. - Controle da água. Rev. DAE-SABESP, n° 171, p. XVII-XXII.

18. HOLLOWAY, P.J. & JOYSTON-BECHAL, S. How should we use dietary fluoride supplements? Br. Dent. J, 177 (9 Nov 5): 318-20, 1994.

19. KINGMAN, A. - Current techniques for measuring
dental Fluorosis: issues in data analysis. Adv. Dent. Res., 8 (I Jun): 56-65, 1994.

20. KLEEREKOPER, M. - Non-dental tissue effects of fluoride. Adv. Dent. Res., 8 (I Jun): 32-8, 1994.

21. MORGANSTEIN, S.I.-Clinical results:implications for prevention and treatment in general dental practice.Inst.Dent.J.,44 (3 Suppl 1 Jun):297-9, 1994.

22. MURRAY, J.J. - EI uso correto de fluorunos en salud publica. Organizacion Mundial de Ia Salud, Ginebra: 129, 1986.

23. MWANIKI, D.L.; COURTNEY, J.M. & GAYLOR, J.D. - Endemic fluorosis: an analysis of needs and possibilities based on case studies in Kenya, Soe. Sei. Med., 39 (6 Sep): 807-13, 1994.

24. NELL, A.& SPERR, W- Fluoridgehaltuntersu-chung des Trinkwassers in Osterreich 1993. Wien. Klin. Wochenschr 106 (19): 608-14, 1994.

25. O'MULLANE, D.M. - Introduction and rationale for the use of fluoride for caries prevention. lnt. Dent. J., 44 (3 Suppl I Jun): 257-61, 1994.

26. ORGANIZACION MUNDIAL DE LA SALUD - Levantamento epidemiológico básico de Saúde Bucal. OMS Livraria Editora Santos, 1991.

27. ROZIER, R.G. - Epidemiologie Indices for measuring the clinical manifestations of dental fluorosis: overview and critique. Adv. Dent. Res., 8 (l Jun): 39-55, 1994.

28. SÃO PAULO. Instituto Adolfo Lutz - Normas Analíticas do Instituto Adolfo Lutz. Métodos químicos e flsicos para análise de alimentos. 3' ed. São Paulo, 1985, v.l , p.323-6.

29. SÃO PAULO, Leis, decretos, etc. - Decreto n. 10.330 de 13 de setembro de 1977. Diário Oficial do Estado de São Paulo. Disciplinando a atuação de órgãos do governo do estado de São Paulo para aplicação da legislação federal sobre fluoretação de águas.

30. SÃO PAULO, Leis, decretos,etc.- Resolução SS-45
de 31 de janeiro de 1992. Diário Oficial de Estado de São Paulo, 01 de fevereiro de 1992, seção I, p.27. Institui o programa de vigilância da qualidade da água para o consumo humano - Pró-água e aprova diretrizes para a sua implantação no âmbito da Secretaria da Saúde.

31. SCHULTZ, J.S. - Chemical sensors and biosensors for fluoride: current status and developing technologies. Adv. Dent. Res., 8 (l Jun): 100-4, 1994.

32. SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE. Departamento de Saneamento - Instruções referentes ao subprograma de saneamento da alimentação. Manual de instrução do subprograma de Engenharia Sanitária. São Paulo: CSC, 1978, p. 30-59.

33. SELWITZ, R.H. - Strategies for improving methods of assessing fluoride accumulation in body fluids andtissues.Adv. Dent. Res., 8 (l Jun):111-2, 1994. 34. SHELLIS, R.P. & DUCKWORTH, R.M. - Studies
on the cariostatic mechanisms of fluoride. Int. Dent. .1., 44 (3 Suppl 1 Jun): 263-73, 1994.

35. SIPTRON. Manual de representação: fluor. São Paulo, 1994, p. 15-7.

36. VAISTMAN,D.S.; SOUZA,I.P.R.; VAISTMAN, E. P.;VALLE,E.V. - Determinação de fluoreto em água potável no distrito mineiro de Tangá, Rio de Janeiro. Livro de Resumos, 7"Encontro Naciona! de Química Analítica, Rio de Janeiro, RJ, p.64, 1993.

37. WEFEL, J.S. - Root caries histopathology and chemistry. Am. J Dent., 7 (5 Oct): 261-5,1994.

38. WHTTFORD, G.M. - Intake and metabolism of fluoride. Adv. Dent. Res., 8 (I Jun): 5-14, 1994.

39. WHITFORD, G.M. - The metabolism and toxicity of fluoride. Monogr oral Sei, 13: 1-160, 1989.

40. WORLD HEALTH ORGANIZATION - Fluorides and oral health. Report of a WHO Expert Committee on Oral Health Status and Fluoride use. WHO Tech. Rep. Ser. 846: 1-37, 1994.

41. ZENEBON, O.; YABIKU, H.Y.; RESSINETTI, NA; LARA, Wll. - Estudo comparativo de métodos usuais na determinação de teor de flúor em águas de fontes naturais. Rev. Inst. Adolfo Lutz, 39 (2): 161-4, 1979.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1996 Valéria Pereira da Silva Freitas, Berenice Mandel Brígido, Márcia Evangelina Alge, Christina Leopoldo e Silva, Odair Zenebon, José Leopoldo Ferreira Antunes

Downloads

Não há dados estatísticos.