Técnicas cromatográficas para a diferenciação de óleos essenciais cítricos de limão siciliano e Tahiti
pdf

Palavras-chave

óleos essenciais de limão siciliano (Citrus limon Burm) e de limão Tahiti (Citrus latifolia Tanaka), análise
cromatograia em camada delgada; cromatografia em fase gasosa

Como Citar

1.
Yabiku HY, Lara WH. Técnicas cromatográficas para a diferenciação de óleos essenciais cítricos de limão siciliano e Tahiti. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 1986 [citado 17º de junho de 2024];46(1-2):45-51. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/36862

Resumo

Para verificação das diferenças qualitativas e quantitativas dos óleos essenciais de limão dos tipos Sieiliano e Tahiti, foram estudadas duas técnicas cromatográficas: a da camada delgada e a gasosa. A técnica da cromatografia em camada delgada baseou-se na utilização de placas de vidro de 20 x 20 em, recobertas com sílica gel G; a fase móvel utilizada foi benzeno - acetato de etila - ácido acético glacial, na proporção de 90: 10: 1. A detecção foi feita de duas maneiras: uma, através da visualização na câmara de luz ultravioleta, outra através de pulverização com reagente químico. A técnica de cromatografia em fase gasosa utilizou o detector de ionização de chama, com fase estacionária de 5% SP-1000 em Supelcoport, para mostrar as diferenças existentes entre estes dois óleos. Verificou-se que, tanto na técnica da cromatografía em camada delgada quanto na cromatografia em fase gasosa, houve diferenças de comportamento destes dois óleos que permitem facilmente identificá-Ios. Na cromatografia em camada delgada houve diferença no número de manchas e, também, na intensidade de algumas. Na cromatografia em fase gasosa foram identificados picos e áreas diferentes dos componentes dos óleos essenciais.

https://doi.org/10.53393/rial.1986.46.36862
pdf

Referências

1. BRASIL. Leis, decretos etc. - Decreto nº 55.871, de 26 de março de 1965. Diário
Oficial, Brasília, 9 abro 1965. Seção I, pt. I, p. 3610-22. Modifica o Decreto nº 50.040, de 24 de janeiro de 1961, referente a normas reguladoras do emprego de aditivos para alimentos, alterado pelo Decreto nº 691, de 13 de março de 1962.

2. BURCHFIELD, H.P. & STORRS, E.E. - Biochemical applications of gas chromatography. New York, Academic press, 1962. p. 371-82.

3. GUENTHER, E. - The essential oils. New York, Van Nostrand, 1949. v. 3, p. 5-38.

4. NOGUEIRA, C.R. - Suco de laranja vai para os Estados Unidos. Folha de S. Paulo, São Paulo, 17 jan. 1985. p. 13.

5. SWAN, D.F.K. - Analysis of essential oils by capillary gas chromatography. Analyst, London, 110 (4): I-lI, 1984.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1986 Helena Yuco Yabiku, Walkyria H. Lara

Downloads

Não há dados estatísticos.