Botulismo associado a alimentos comerciais assados doados, município de São Vicente (SP) – Junho de 2007

Autores

  • Tarcísio Soares Borges Filho Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Santos
  • Janice da Silva Santos Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Santos
  • Márcia Correa da Silveira Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de São Vicente
  • Patrícia Cardoso Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de São Vicente
  • Carmen Argüello Perandones Grupo de Vigilância Epidemiológica – GVE XXV Baixada Santista da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (CCD/SES-SP),
  • Monica Malaman Moreno 4Grupo de Vigilância Epidemiológica – GVE XXV Baixada Santista da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (CCD/SES-SP),
  • Florise Malvezz Grupo de Vigilância Sanitária – GVS XXV Baixada Santista (CCD/SES-SP)
  • Sandra Fernandes Lombardi Grupo de Vigilância Sanitária – GVS XXV Baixada Santista (CCD/SES-SP)
  • Ruth Estela Gravato Rowlands 6Instituto Adolfo Lutz Central (IAL/CCD/SES-SP)
  • Dulce Maria de Almeida Gomes Junqueira Central CVE, Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac” (CVE/CCD/SES-SP)
  • Nídia Pimenta Bassit Central CVE, Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac” (CVE/CCD/SES-SP)
  • Maria Bernadete de Paula Eduardo Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (DDTHA/CVE/CCD/SES-SP)

Palavras-chave:

botulismo, botulismo alimentar, alimento comercial, segurança de alimentos, vigilância epidemiológica.

Resumo

O botulismo alimentar é uma doença neuroparalítica grave causada pela ingestão de neurotoxinas presentes em alimentos contaminados com a bactéria Clostridium botulinum, freqüentemente relacionados a conservas caseiras de vegetais, frutas e carnes. Este trabalho tem por objetivo relatar a investigação epidemiológica de um caso de botulismo que ocorreu em junho de 2007 no município de São Vicente (SP), associado à ingestão de alimentos comerciais assados, sobras doadas por comerciante. Foi identificada toxina botulínica no soro do paciente. Com base no quadro clínico foi administrado prontamente o soro antibotulínico ao paciente. Medidas sanitárias e educacionais foram desencadeadas para a prevenção de novos casos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

CVE. Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”. Manual de Botulismo – Orientações para Profissionais de Saúde. São Paulo: Secretaria de Estado da Saúde; 2002.

Cecchini E, Ayala SEG, Coscina Neto AL, Ferrareto AMC. Botulismo. In: Veronesi R, Focaccia R [editores]. Tratado de Infectologia. 1ª ed. São Paulo: Atheneu; 1997. p. 565-74.

Cherington M. Botulism: update and review. Seminars in Neurology. 2004, 24(2): 155-163.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de Vigilância Epidemiológica. 2005. Brasília, DF. 6ª edição.

Abram S. Benenson [editor]. Control of Communicable Diseases Manual.16th ed. Washington: American Public Health Association; 1995.

Sobel J, Tucker N, Sulka A, McLaughlin J, Maslanka S. Foodborne botulism in the United States, 1990–2000. Emerg Infect Dis [serial on the Internet]. 2004 Sep [acessado em 01/02/07]. Disponível

em: http://www.cdc.gov/ncidod/EID/vol10no9/03-0745.htm.

Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”. Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar. Botulismo – Estado de São Paulo e Brasil: casos suspeitos e confirmados notificados ao Centro de referência do Botulismo – CR BOT, 1999-2006. [Dados estatísticos online].

Disponível em: http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/hidrica/dados/botulismo05_dados.ppt.

Eduardo MBP, Sikusawa S. O botulismo no Estado de São Paulo – Construindo uma série histórica e documentando os casos, de 1979 a 2001. Rev Net DTA 2002;2(4):51-67. Disponível em:

ftp://ftpcve.saude.sp.gov.br/doc_tec/hidrica/revpo2_vol2n4.pdf.

Figueiredo MAA, Dias J, Lucena R. Considerações acerca de dois casos de botulismo ocorridos no Estado da Bahia. Rev Soc Bras Med Trop, 2006; 39(3):289-291.

Coordenadoria de Controle de Doenças. Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”. Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar. Investigação de surto de botulismo associado a tofu (queijo de soja), no município de São Paulo, dezembro de 2005. BEPA (25): 10-14. Disponível em: http://www.cve.saude.sp.gov.br/agencia/bepa25_botu.htm.

Coordenadoria de Controle de Doenças. Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”. Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar. Botulismo e Torta comercial de frango com requeijão. BEPA 2006; (27):14-19. Disponível em:

http://www.cve.saude.sp.gov.br/agencia/bepa27_botu.htm.

Eduardo MBP, Madalosso G, Paiva OR, Brito SN, Araújo EC, Bandeira CRS, Rowlands REG, Ristori CA, Jakabi M. Botulismo tipo A e B causado por torta comercial de frango com palmito e ervilhas no Município de São Paulo, SP – Janeiro de 2007. BEPA 2007; (38):1-7. Disponível em:

http://www.cve.saude.sp.gov.br/agencia/bepa38_botu.htm.

Solomon, HM; Johnson EA; Bernard DT; Arnon, SS; Ferreira JL. Clostridium botulinum and its toxins. In: Downes, F.P; Ito, K. Compendium of Methods for the Microbiological Examination of Foods. 4th ed. Washington, DC: APHA; 2001. p. 317-324.

Downloads

Publicado

2007-10-31

Como Citar

1.
Soares Borges Filho T, da Silva Santos J, Correa da Silveira M, Cardoso P, Argüello Perandones C, Malaman Moreno M, Malvezz F, Fernandes Lombardi S, Gravato Rowlands RE, de Almeida Gomes Junqueira DM, Pimenta Bassit N, de Paula Eduardo MB. Botulismo associado a alimentos comerciais assados doados, município de São Vicente (SP) – Junho de 2007. Bepa [Internet]. 31º de outubro de 2007 [citado 14º de junho de 2024];4(46):4-8. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/BEPA182/article/view/39019

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)