Identificação histológica das principais compostas brasileiras de emprego medicinal
pdf

Palavras-chave

Baccharis trimera DC
Stevia rebaudiana Bert
Tagetes cf patula L
Vernonia polyanthes Less

Como Citar

1.
Jorge LIF, Pereira U, Silva AM da. Identificação histológica das principais compostas brasileiras de emprego medicinal. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 27º de dezembro de 1991 [citado 21º de junho de 2024];51(1-2):47-51. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/35252

Resumo

Foram descritas as folhas das seguintes espécies da família Compositae: Baccharis trimera DC (carqueja), Stevia rebaudiana Bert. (stevia), Tagetes cf patula L. (cravo de defunto) e Vernonia polyanthes Less (assa-peixe). Observou-se que estas espécies seguem o padrão geral da família a que pertencem. Detalhes de tricomas glandulares, colênquima, fibras, células pétreas, papilas e glândulas secretoras foram fundamentais para a diagnose.

https://doi.org/10.53393/rial.1991.51.35252
pdf

Referências

1. FELIPE, G. M. - Stevia rebaudiana Bert.: a review. Ciênc. Cult., 29(11):1240-8, 1977.

2. METCALFE, C. R. & CHALK, L. - Anatomy of the Dicotyledons. Oxford, Clarendon Press, 1950. v. 2. p. 782-805.

3. METCALFE, C. R. & CHALK, L. - Anatomy of the Dicotyledons. 2. ed. Oxford, Clarendon Press, 1983. v. 1. p. 41-53.

4. PECCKOLT, G. - O valor dos anti-helmínticos brasileiros. Rev. Flora med., 9 (7):333-79, 1942.

5. PENNA, M. - Dicionário brasileiro de plantas medicinais: descrição das plantas medicinais indígenas e das exóticas aclimadas no Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro, Kosmos, 1946. p. 376.

6. PIO CORREA, M. - Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas. Rio de Janeiro, Ministério da Agricultura, 1978. v. 2. p. 74-5.

7. RODRIGUEZ, E.; MABRY, T. J. – Tageteaechemical review. In: HEYWOOD, V. H. et alii - The biology and chemistry of the Compositae. London, Academic Press, 1977. v. 2. p. 785-97.

8. SAMANIEGO, C. C. - Stevia rebaudiana. Rev. Farm., 88(5): 199-202, 1946.

9. SANTOS FILHO, D. - Contribuição ao estudo farmacognóstico de Baccharis trimera. Ribeirão Preto, 1979. [Tese doutorado - Faculdade de Farmácia e Odontologia de Ribeirão, USP].

10. SCOTT, W. E. & KREWSON, C. F. – Euphorbia lagascae Spreng. enzime activity in the seed. J. Amer. Oil Chem. Soc., 43 (7):466-8, 1966.

11. SIMS, R. J. et alii - Sterol additives as polymerization inhibitors for frying oils. J. Am. Oil. Chem. Soc., 49 (5):298-301, 1972.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1991 Luzia Ilza Ferreira Jorge, Ulysses Pereira, Augusta Mendes da Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.