Contagem de filamentos micelianos pelo método de Howard em sucos de tomate, maracujá, caju e uva
pdf

Palavras-chave

suco de fruto
caju (Anacardium occideniale)
maracujá (Passiflora)
uva (Vitis)
tomate (Lycopersicon)
fungos em suco de fruto
contagem de micélios pelo método de Howard

Como Citar

1.
Zamboni C de Q, Barion MIE, Spiteri N. Contagem de filamentos micelianos pelo método de Howard em sucos de tomate, maracujá, caju e uva. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 1981 [citado 17º de julho de 2024];41(2):79-82. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/36759

Resumo

Foram analisadas 210 amostras de sucos de frutas, sendo 51 de suco de tomate, 66 de suco de maracujá, 43 de suco de caju e 50 de suco de uva, utilizando-se o método de Howard para contagem de filamentos micelíanos. Concluiu-se que 30% dos sucos de tomate e de suco de maracujá apresentaram contagem superior a 20% de campos positivos com filamentos de fungos, e foram produzidos com matéria-prima deteriorada. Por outro lado, verificou-se que as frutas utilizadas na produção de sucos de caju e uva estavam em condições higiênicas satisfatórias. Recomenda-se a exigência, na legislação brasileira pertinente, de limite de tolerância de até 200/<. de campos positivos com filamentos micelianos em sucos de frutos.

https://doi.org/10.53393/rial.1981.41.36759
pdf

Referências

1. ALMANAC of the canning, freezing, preserving industries. Westminster, Ma., Judge
& Sons, 1978.

2. ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS - Official methods of analusie. 12. ed. Washington, D.e., A.O.A.C., 1975. p. 824 (Techn. 40.085)

3. FUNGI associated with food decomposition. FDA by-Zines, 5(3) :117-35, 1974.

4. LEITAO, M.F.F.; DELAZARI, L; EIROA, M.N.U. & ARIMA, H.K - Avaliação de sucos, refrigerantes, refrescos, néctares e xaropes em face dos padrões microbiológicos brasileiros. Bol. Inst. Tecnol, Aliment., 49: 75-91, 1977.

5. PADRON G., J. & MENEZES JüNIOR, J.B.F. - Contribuição ao estudo e à aplicação do método de Howard nas contagens de cogumelos dos produtos de tomate. Rev, Inst. Adolfo Lutz, 8:99-186, 1948.

6. POTTER. N.N. Food science . Westport, Conn., AVI publ., 1968. 653 p.

7. SOUTO, A.B. & GODOY, O. -- Investigações sobre produtos de tomate. Rev. Inst. Adolfo Lutz, 2: 100-79, 1942.

8. TOWSEND, C.T. -- A laboratory manual for the canning industry. 2. ed. Washington,
D.C., Nac. Canners Ass., 1956.

9. TRESSLER, D.K. & JOSLYN, lVI.A. - Fruit and vegetable [uice : proceesiru: technology. Westport, Corm., AVI publ., 1961. 1028 p.

10, ZAMBONI, C.Q.; PACHECO, J.A.; ALVES, H.I.; SPITERI, N. & RORIZ, T.- Estudo
comparativo de qualidade entre quatro marcas de purês de tomate, através da contagem de filamentos micelianos pelo método de Howard. Rev. Inst. Adolfo Lutz,
40(1) :22-7, 1980.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1981 Claydes de Quadros Zamboni, Maria Izilda Esteves Barion, Nazareth Spiteri

Downloads

Não há dados estatísticos.