Determinação do teor de suco de tomate natural em suco de tomate industrializado

Autores

  • Emiko Ikejiri Inomata Instituto Adolfo Lutz
  • Myrna Sabino Instituto Adolfo Lutz
  • Alice Haruko Ichikawa Instituto Adolfo Lutz

DOI:

https://doi.org/10.53393/rial.1986.46.36866

Palavras-chave:

tomate (Solanum lycopersicum), suco, determinação do ácido glutâmico livre, suco de tomate industrializado, análise química

Resumo

Foi determinado o teor de ácido glutâmico livre, componente constante e natural do tomate, e utilizado como parâmetro no controle de qualidade e autenticidade dos sucos de tomate industrializados. O método químico desenvolvido baseia-se na extração dos aminoácidos livres, separação do ácido glutâmico por cromatografia em papel circular, revelação com ninidrina e dosagem espectrofotométrica do derivado colorido. Foram analisadas 51 amostras de sucos genuínos de tomate, preparados em laboratório, cujo teor médio de ácido glutâmico livre encontrado foi de 165,2 'mg/100 g do suco. Em 52 amostras de sucos de tomate industrializados, o teor de ácido glutâmico livre encontrado variou de 257,0 a 132,0 mg/100 g. A sensibilidade do método permite a determinação do suco de tomate nesses produtos até a concentração de 1,0%. Foram determinados outros componentes no suco, entre os quais, as vitaminas e os elementos minerais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1. ABDEL-RAHMAN, A.H.Y. Nutritional value of some canned tomato juice and
concentrates. Food Chem., 9 :303-6, 1982.

2. BERNHARDT, L.W.; YANG, J.F.; MORAES, R.M.; FERREIRA, V.L.P. &
DRAETA, 1.S. - Caracterização física e química de suco de novas variedades de
tomate. Boi. Inst. Tecnol. Aliment., 50: 205-23, 1977.

3. GARCíA PUERTAS, P.; TO RIJA ISASA, M.E. & ORZAEZ VILLANUEVA, M.T. -
Elementos minerales en tomato y derivados. I: Macroelementos. Anal. Bromatol., 33 :313-28, 1981.

4. GARCíA PUERTAS, P.; TORIJA ISASA, M.E. & ORZAEZ VILLANUEVA, M.T. Elementos minerales en tomato y derivados. II : Microelementos. Anal. Bromatol., 35:157-65, 1983.

5. HAMDY, M.M. & GOULD, W.A. - Varietal differences in toma toes, A study of alpha-keco acids: alpha-amino compounds and citric acid in eight toma to varieties before and after processing. J. Agric. Food Chem., 10 :499-503, 1962.

6. INOMATA, E.I.; SABINO, M.; PREGNOLATTO, W. & CONCILLIO, M.S. Determinação do teor de suco de maracujá em produtos industrializados. Rev. Inst. Adolfo Lutz, 43: 9-14, 1983.

7. KIM, D.H. & SEO, C.W. - Quality changes of foods during processing and storage. IV. Free amino acid cornposi tio n of canned toma to juice during heat sterilization. Kisul Yon'guso Pogo, Corea, 1:11-4, 1962 apud Chem. Abstr., 62:8320b, 1965.

8. MILADI, S.S.; GOULD, W.A. & CLEMENTS, R.L. - Heat processing effect
on starch, sugars, proteins, ami no acids and organic acids of tomato juice. Food
Technol., 23: 691-3, 1969.

9. SÃO PAULO. Instituto Adolfo Lutz - Normas Analíticas do Instituto Adolf o Lutz. v. 1: Métodos químicos e físicos para análise de "alimentos. 3.a ed. São Paulo, 1985. p. 378-404.

10. SÃO PAULO. Instituto Adolfo Lutz - Normas de qualidade para alimentos. São Paulo, 1967. V. 6, (OFSANPAN, IALUTZ, PA 205.76)

11. SARAVACOS, G.; LUH, B.S. & LEONARD, S.J. - Ions-exchange chromatography of amino acids in tomato juice. Food Ree , 23 :339-37, 1958.

12. SPACKMAN, D.H.; STEIN, W.H. & MOORE. S. - Automatic recording apparatus for use in chromatography of amino acids. Anal. Chem., 30: 1190-206, 1958.

13. STAHL, E., ed. - Thin-layer chromatography: a laboratory handboo/c. 2n d ed.
Translated by M.R.F. Ashworth. Berlin, Springer- Verlag, 1969. p. 170-86.

14. TRESSLER, D.K. & JOSLYN, M.A. - Fruit and »eçetable [uice ; processing techmology. Westpor t, Conn., AVI Publ., 1961. p. 970-91.

15. TROYAN, Z.A. & TOTKO, A.G. - Amino acid composition of tomato juice. Izy. Vyssh. Uchebn. zaved. Piehch, Te/chnol., 2 : 111-3, 1983 apud Food Sei. Technol. Abstr., 16 (7) : 62, 1984. [Abstr. 7H 1352]

16. WATT, B.K. & MERRILL, A.L. - Handbook of the nutritional contente of foods,
New York, Dover Publ., 1975. p. 62.

Downloads

Publicado

1986-12-30

Como Citar

1.
Inomata EI, Sabino M, Ichikawa AH. Determinação do teor de suco de tomate natural em suco de tomate industrializado. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 30º de dezembro de 1986 [citado 3º de março de 2024];46(1-2):73-9. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/36866

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>