SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE MINAS GERAIS - MUNICÍPIOS SILENCIOSOS - 2009 A 2018

Autores

  • Maria de Lourdes Carvalho LEITE CEDS/SES-MG - Coordenação de Dermatologia Sanitária/ Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais - SES/MG
  • Maria do Carmo Rodrigues de MIRANDA CEDS/SES-MG - Coordenação de Dermatologia Sanitária/ Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais - SES/MG
  • Adauto César PUGEDO CEDS/SES-MG - Coordenação de Dermatologia Sanitária/ Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais - SES/MG
  • Maria Aparecida de Faria GROSSI CEDS/SES-MG - Coordenação de Dermatologia Sanitária/ Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais - SES/MG
  • Katiúscia Cardoso RAMALHO CREDEN-PES - Secretaria Municipal de Saúde, Prefeitura Municipal de Governador Valadares
  • Juliana Veiga COSTA SMS-BH - Secretaria Municipal de Saúde, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

DOI:

https://doi.org/10.47878/hansenologia.2019.v44.34050

Palavras-chave:

Diagnóstico precoce, Hanseníase, Municípios silenciosos, Prevalência oculta

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-10-2019

Como Citar

1.
LEITE M de LC, MIRANDA M do CR de, PUGEDO AC, GROSSI MA de F, RAMALHO KC, COSTA JV. SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE MINAS GERAIS - MUNICÍPIOS SILENCIOSOS - 2009 A 2018 . Hansen. Int. [Internet]. 18º de outubro de 2019 [citado 23º de julho de 2024];44(Suppl.):5. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/34050

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)