USO DO MAPEAMENTO PARTICIPATIVO PARA QUALIFICAÇÃO DOS DADOS REGISTRADOS NO SINAN MUNICIPAL DE ÁREAS ALTAMENTE ENDÊMICAS DO CEARÁ

Autores

  • Anderson Fuentes FERREIRA DSC/UFC - Departamento de Saíde Comunitária, Faculdade de Medicina, Pós-Graduação em Saúde Pública, Universidade Federal do Ceará, NHR-Brasil - Netherlands Hanseniasis Relief – Brasil
  • Nágila Nathaly Lima FERREIRA DSC/UFC - Departamento de Saíde Comunitária, Faculdade de Medicina, Pós-Graduação em Saúde Pública, Universidade Federal do Ceará,NHR-Brasil - Netherlands Hanseniasis Relief – Brasil
  • Adriana da Silva dos REIS NHR-Brasil - Netherlands Hanseniasis Relief – Brasil
  • José Alexandre Menezes da SILVA NHR-Brasil - Netherlands Hanseniasis Relief – Brasil
  • Josafá Gonçalves BARRETO UFPA - Universidade Federal do Pará, Campus Castanhal, LabEE/UFPA - Laboratório de Epidemiologia Espacial, Universidade Federal do Pará
  • Ximena ILLARRAMENDI NHR-Brasil - Netherlands Hanseniasis Relief – Brasil, CDTS/Fiocruz - Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde, Fiocruz

DOI:

https://doi.org/10.47878/hansenologia.2019.v44.34056

Palavras-chave:

Hanseníase, Mapeamento geográfico, Sistemas de informação geográfica, Vigilância

Resumo

.

Downloads

Publicado

18-10-2019

Como Citar

1.
FERREIRA AF, FERREIRA NNL, REIS A da S dos, SILVA JAM da, BARRETO JG, ILLARRAMENDI X. USO DO MAPEAMENTO PARTICIPATIVO PARA QUALIFICAÇÃO DOS DADOS REGISTRADOS NO SINAN MUNICIPAL DE ÁREAS ALTAMENTE ENDÊMICAS DO CEARÁ . Hansen. Int. [Internet]. 18º de outubro de 2019 [citado 7º de dezembro de 2022];44(Suppl.):10. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/34056

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>