Avaliação do nervo ulnar através do cotovelo, em diversas variações dos graus de flexão do cotovelo, desde a extensão total, flexão de 30º, 60º até 90º e suas respectivas variações da amplitude do potencial evocado motor e da velocidade de condução motora

Autores

  • Emílio Cezar Mamede Murade Faculdade de Medicina de Marília, Marília.

DOI:

https://doi.org/10.47878/hi.2010.v35.35136

Palavras-chave:

nervo ulnar, eletroneuromiografia

Resumo

.

Referências

1. Kimura J, ed. Electrodiagnosis in diseases of nerve and mus- Electrodiagnosis in diseases of nerve and muscle: principles and practice. 3rd ed. New York: Oxford, 2001.
2. Dumitru D, Amato AA, Zwartz MJ, eds. Electrodiagnostic medicine. 2nd ed. Philadelphia: Hanley& Belfus Inc, 2002.
3. Oh JS. Clinical electromyography: nerve conduction studies. 3rd ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins, 2003.
4. Katirji B, ed. Clinical electromyography. Neurologic Clinics 2002; 20(2): 291-617. 5. Pinto LC. Eletroneuromiografi a clíni- 5. Pinto LC. Eletroneuromiografia clínica. São Paulo: Atheneu, 1996.

Downloads

Publicado

30-06-2010

Como Citar

1.
Murade ECM. Avaliação do nervo ulnar através do cotovelo, em diversas variações dos graus de flexão do cotovelo, desde a extensão total, flexão de 30º, 60º até 90º e suas respectivas variações da amplitude do potencial evocado motor e da velocidade de condução motora. Hansen. Int. [Internet]. 30º de junho de 2010 [citado 1º de outubro de 2022];35(1):81-2. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/35136

Edição

Seção

Resumos