Resistência medicamentosa múltipla secundária na hanseníase

Autores

  • Diltor Vladimir Araújo OPROMOLLA
  • Holmes C. COSTA
  • Paulo Roberto Dutra de OLIVEIRA

DOI:

https://doi.org/10.47878/hi.1993.v18.35466

Palavras-chave:

Rifampicina, Dapsona, Resistência

Resumo

São apresentados 4 pacientes com resistência a mais de uma das drogas que fazem parte dos esquemas terapêuticos preconizados pela OMS contra a hanseníase. Os autores discutem o modo de aparecimento dessa múltipla resistência e consideram a possibilidade de ocorrer esse fenómeno de maneira inicial, isto é, pacientes que se infectamcom bacilos já resistentes a mais de uma droga.Lembram o que está acontecendo nos Estados Unidos com a tuberculose, onde aumentou consideravelmente o número de casos com resistência inicial a múltiplos fármacos e admitem a possibilidade da AIDS que é responsável pela maior parte dessa situação, vir a ter papel semelhante na hanseníase. Alertam também para o fato de drogas ainda em fase experimental e que já se acham disponíveis no comércio, começarem a ser utilizadas indevidamente,  comprometendo o seu uso no futuro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1. BAOHONG, J. Drug resistance in leprosy. A review. Leprosy Rev., 56: 265-78, 1985.
2. BAOHONG, J. ;JIAKUN, C.; JIALIN, Z.; YUHONG, H.; GUOXING, N. & RENBAC, Z. Secondary dapsone resistant leprosy in Shangai municipality. Leprosy Rev., 54:197-202, 1983.
3. BAQUILON, G.; FERRACI, C.; VAN LOO, G. & PATTYN, S.R. Further results on dapsone resistant leprosy en Bamako (Mali). Leprosy Rev., 56:265-78, 1983.
4. DAMASCO, M.H.S.; TALHARI, S.; VIANA, S.M.; SIGNORELLI, M.; SAAD, M.H.F. & ANDRADE, L.M.C. Secondary dapsoneresistant leprosy en Brazil. A preliminaryreport. Leprosy Rev. 51: 5-8, 1986.
5. GUINTO, S.R.; CELLONA, R.V.; FAJARDO, T.T. & Cruz, E.D. de la. Primary dapsoneresistant leprosy in Cebu, Philippines. Int. J. Leprosy, 49: 427-39, 1981.
6. JACOBSON, R.R. Rifampin-resistant leprosy. Lancet, 2 1304-05, 1976.
7. WARNDORFF-VAN DIEPEN, T. Clofazimineresistant leprosy, a case report. Int J. Leprosy, 5U 139-42, 1982.
8. WORLD HEALTH ORGANIZATION STUDY GROUP. Chemotherapy of leprosy for control programs. WHO technical report secies 675: Geneva,1982.
9. FREIDEN ET AL. The emergence of Drugresistant tuberculosis in New York city. The New England Journal of Medicine vol.328 nº 8, February 25,1993.
10. GOBLE ET AL. Treatment of 171 patients with pulmonarytuberculosis resistantto ioniazid and rifampin. The New England Journal
of Medicine.
11. NOORDEN, S.K. Wordlwide Implementation of WHO/MDT and Experiences Gained. Paper for Conference on Chemotherapy of Leprosy, Greenville, 6-8 April, 1992.

Downloads

Publicado

30-11-1993

Como Citar

1.
OPROMOLLA DVA, COSTA HC, OLIVEIRA PRD de. Resistência medicamentosa múltipla secundária na hanseníase. Hansen. Int. [Internet]. 30º de novembro de 1993 [citado 7º de dezembro de 2023];18(1/2):11-6. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/35466

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>