O Ensino da hansenologia nas faculdades

Autores

  • Diltor Vladimir Araújo OPROMOLLA Diretor Clinico do Hospital Lauro de Souza Lima.

DOI:

https://doi.org/10.47878/hi.1988.v13.36147

Palavras-chave:

Hansenologia, Ensino, Faculdade

Resumo

Todo médico recém saído de uma faculdade deve ter consciência da magnitude dos problemas de saúde no Brasil e estar apto a diagnosticar e tratar as nossas doenças endêmicas. A hanseníase é uma doença contagiosa que ataca principalmente nervos periféricos e por isso tem um alto potencial incapacitante e deformante, que estigmatiza o paciente e o marginaliza socialmente. Há 5.546.000 doentes registrados no mundo e a OMS estima um número bem mais elevado, de cerca de 12 milhões. No Brasil o número de pacientes registrados é de 259.000, mas estimam-se cifras de meio milhão ou mais. A doença ocorre em todos os estados brasileiros mas em número absoluto a maior concentração de doentes é no Sudeste. Para enfrentar esse problema uma das ações básicas é o treinamento de pessoal. Com relação ao ensino da hanseníase nas faculdades o autor sugere que pelo fato da doença acometer muitos setores do organismo, todas as especialidades envolvidas deveriam dar a devida importância a seu ensino aumentando com isso a carga horária que a ela deveria ser dedicada. Esse enfoque se fosse dado para outras doenças endêmicas concorreria de uma maneira muito positiva para a erradicação das muitas doenças que atingem a nossa população. Não adianta somente a injeção de recursos se não houver pessoal habilitado para utilizá-los.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1 - ARRUDA, M.S.P. ; ARRUDA, 0.S. ; ASTOLFI , C.S. & OPROMOLLA, D.V.A. Estudo das reações de Fernandes e Mitsuda em pacientes hansenianos e seus contatos. Hansen. Int 10:23-31, 1985.
2 - ARRUDA, M.S.P.; ARRUDA, O.S.P.; FLEURY, R.N; GARCIA, 0.13.; OPROMOLLA, D.V.A. & URA, S. Estudo da imunidade celular em pacientes branqueados. Med. Cut. ILA., 10: 231-238, 1982.
3 - AZULAY, R.D. Primary visceral virchowian (lepromatous) hanseniasis. Int. J. leprosy., 5513): 450-453, 1987.
4 - BRASIL. Ministério da Saúde. Divisão Nacional de Dermatologia Sanitária. Projeto de Implantação gradual de pofquimioterapla no Brasil: subsídios para discussão na reunião nacional de avaliação. Brasília, 1988. 47p.
5 - FLEURY, R.N. Comprometimento visceral na hanseníase. In: HOSPITAL LAURO DE SOUZA UMA. Cent ro de Es tudos Dr. Reynaldo Quagliato. Noções de hansenologia. Bauru, 1981. p. 108-116.
6 - HASTINGS, R.C. & GRANZBLAU, S.G. Chemotherapy of leprosy. Ann. Rev. Pharmacol. Toxicol., 28:231-245, 1988.
7 - JULIÃO, O.F. Contribuição para o estudo do diagnostico cónico da lepra nervosa. São Paulo, USP, 1945. 203p.
8 - LATAPI, F, & CHAVEZ-ZAMORA, A. La lepra "manchada" de Ludo: estudio inicial clínico e histopatológico. Dermatologia (Max.), 22(2): 102-107, 1978.
9 - ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Manual para o controle da hanseníase. Washington, D.C., OPS, 1983. 96p. (OPS. Publicação cientifica, 436)
10 - PERNAMBUCO, J.C.A. Artropatia inflamatória hansênica; estudo clínico-evolutivo, laboratorial e radiográfico São Paulo, 1988. 97p. [Tese - Escola Paulista de Medicina]
11 - REES, R.J.W. Enhanced susceptibi lity oí thymectomized and irradiated mice to infection with Mycobacterium leprae. Nature., 211(50491:657-658, 1966.
12 - REES, R.J.W. The microbiology of leprosy. In: HASTINGS, R.C. , ed. Leprosy. Edinburgh, Churchill Livingstone. 1985. p.31-52.
13 - S A M U E L S . M . A . , B R O W N , R . ; HEDLEY-WHYTE, E.T. A 62-year-old man with progressive polyneuropathy: case records of the Massachussets General Hospital. New Engl. J. Med., 315:45-55, 1986.
14 - SHEPARD, C.C. The exper imental disease that fol lows the infec t ion of human leprosy bacilli into footpads of mice. J. Exp. Med., 112:445-454, 1960.
15- TOLENTINO, M.M. Reação hansênica com especial referência ao comportamento hepático. Campinas, 1975. 167p. [Tese - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas)
16 - WORLD HEALTH ORGANIZATION. Expert Committee on Leprosy. Six report. Geneva, 1988. 51p. (WHO. Technical Report Series. 768).
17 - ZUNICA, M. Revisión de conceptos actuales sobre la epidemiologia de la lepra. Bol. Dorm. Sanit, 1611/4):13-23, 1975/1978.

Downloads

Publicado

30-11-1988

Como Citar

1.
OPROMOLLA DVA. O Ensino da hansenologia nas faculdades. Hansen. Int. [Internet]. 30º de novembro de 1988 [citado 19º de maio de 2024];13(2):27-33. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/36147

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>