Pasteurelose humana
PDF

Como Citar

1.
Pestana BR, Arantes M, Rugai E. Pasteurelose humana. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 9º de fevereiro de 1941 [citado 21º de junho de 2024];1(2):357-60. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/RIAL/article/view/33070

Resumo

Duas Pasteurelas foram isoladas de dois doentes com pleuris purulento do Hospital de Isolamento Emílio Ribas. Os germes isolados (322 e 1.033) foram identificados pelos seus caracteres culturais e pelas provas de aglutinação. Coco bacilos, Gram-negativos, com intensa coloração bipolar e imóveis. Cresceu em Agar comum e caldo com turvação uniforme. Não se desenvolve em batata, em biles e água de levedo. Produz indol e hidrogênio sulfurado. Não altera o leite tournesolado e não liquefaz a gelatina. Produz ácido, sem gás em dextrose, sacarose, sorbita, manita, xilose, manose, galatose e levulose. Não ataca a lactose, maltose, salicina, trealose, amido, dextrina, L-arabinose, inulina, dulcita, inosita e rafinose. O soro preparado com as amostras isoladas 322 e 1.033 aglutinou as amostras avicida 128 de Maninger e bovisséptica 0,1448 do Instituto Lister. O soro preparado com a amostra 0,1448 do Instituto Lister aglutinou as raças 322, 1.033.

https://doi.org/10.53393/rial.1941.1.33070
PDF

Referências

1. BOISVETIT, L. P. - 1941 - Jour. Am. Med. Ass., 116, 1902.

2. DEBRÉ - 1919 - C. R. Soc. Biol., 82, 224.

3. HEMDESHAGEN - 1919 - Med. Klin, 1008.

4. FOERTER, W. - 1938 - Klin. Wschr., 599.

5. LEVY-BRUHL - 1934 - Rev. nPth. comp. et Hyg. gén., 34, 277 (citado por Regamey).

6. LEVY-BRUHL e SüUPAULT - 1936 - Rev. Pnth. comp. et Hyg. gén., 36, 646 (citado por Regamy) .

7. TEISSIER, R. -· 1938 - Zentralblct-t. fiir Bnkt. Orig., 142, 431.

8. REGAMEY, R. - 1938 - Zentralklah. für Bakt. Orig. 142, 431.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1941 Bruno Rangel Pestana, Maria Arantes, Ettore Rugai

Downloads

Não há dados estatísticos.