Reação hansbnica com lesões viscerais

Autores

  • Ivander BASTAZINI
  • R. N. FLEURY Patologista - (Hospital "Lauro de Souza Lima", Bauru, São Paulo, Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.47878/hi.1978.v3.35647

Resumo

É apresentado um caso de um paciente virchoviano que na vigência de surto de Reação hansênica vem a falecer. A correlação anátomo-clínica sugere como provável "causa mortis" colapso tóxico-infeccioso secundário a extensa infecção aguda envolvendo traquéia, planos mediastinais, folhetos pleurais e pericárdicos. Por sua vez pela análise dos dados clínicos e dos achados do estudo da laringe no pós mortem o comprometimento inicial laringo-traqueal foi conseqüente às lesões necrotizantes e supurativas da reação hansênica em nível laringeo. Este mesmo comprometimento necrótico-supurativo da reação hansênica é encontrado no seio de infiltrado virchoviano na pele, gânglios linfáticos, nervos periféricos, testículos, fígado e baço. ); comentado, que lesões desta intensidade podem causar sérios distúrbios funcionais, e piorar de muito as condições anatômicas das estruturas atingidas. Finalmente é destacada a presença de glomerulites proliferativas mesangio-endoteliais como substrato anatômico da proteinuria observada em vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1. BASTAZINI, I. Contribuição ao estudo da reação hansênica. Botucatu, 1973. [Tese - Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu]
2. JOHNY, K. V.; KARAT, A. B. A.; RAO, P. S. S.; DATE, A. Glomerulonephritis in leprosy. A percutaneous renal biopsy study. Lepr. Rev. 46:29-37, 1975.
3. TOLENTINO, M. M. Reação hansênica com especial referência ao comprometimento hepático. Campinas, 1975. [Tese - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas]

Downloads

Publicado

30-06-1978

Como Citar

1.
BASTAZINI I, FLEURY RN. Reação hansbnica com lesões viscerais. Hansen. Int. [Internet]. 30º de junho de 1978 [citado 5º de março de 2024];3(1):87-93. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/35647

Edição

Seção

Seção anátomo-clínica