Papel da Biópsia Cutânea no Diagnóstico de Hanseníase

Autores

  • Somei Ura Médico Dermatologista. Diretor da Divisão de Pesquisa e Ensino, Pesquisador Científico nível VI, do Instituto "Lauro de Souza Lima".
  • Jaison Antônio Barreto Médico Dermatologista. Diretor Técnico do Serviço de Epidemiologia do Instituto "Lauro de Souza Lima".

Resumo

Nesta seção, que neste número se inicia, o periódico abordará temas relativos ao diagnóstico e tratamento da hanseníase, com a participação de vários especialistas convidados que procurarão transmitir de forma consensual as condutas mais pertinentes e atuais para o tema selecionado. Como primeiro assunto a ser abordado elegeu-se o "papel da biópsia cutânea no diagnóstico de hanseníase", principalmente quanto às indicações,
procedimentos, e interpretação de alguns achados histopatológicos.

Downloads

Publicado

30-11-2004

Como Citar

1.
Ura S, Barreto JA. Papel da Biópsia Cutânea no Diagnóstico de Hanseníase. Hansen. Int. [Internet]. 30º de novembro de 2004 [citado 7º de dezembro de 2022];29(2):141-4. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/36386

Edição

Seção

Educação continuada

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4