Hansenose em foco na região norte do Brasil -1986

Autores

  • Rubens da Silveira BRITTO Diretor da Divisão de Saúde do Departamento de Recursos Humanos da SUDAM (Super intendência do Desenvolvimento da Amazônia) .

DOI:

https://doi.org/10.47878/hi.1989.v14.36496

Resumo

São postos em evidência alguns dados gerais da hanseníase no mundo, nas Américas e no Brasil, em 1986, para, como objetivo, se fixar na Região Norte, onde se procura especificar, por Unidade Federada, sobre formas clínicas em registro ativo e respectivo Coeficiente de Prevalência; sobre casos detectados no ano, por forma clínica e correspondente Coeficiente de Incidência, em faixa etár ia de menos de 15 anos e de mais anos; e esmiuçar, por município, no Estado do Amazonas, em série de 8 anos, de 1979 a 1986, aos casos registrados sob controle e fora de controle, os casos novos, por forma clínica e Coeficiente de Incidência, os casos positivos entre escolares da capital e do interior e, mais detalhadamente, ainda por município e por Região de Saúde, em 1986, com população, casos novos e Coeficiente de Incidência, casos em registro ativo, casos sob controle. Coeficiente de Prevalência e relação doente/habitantes; casos por grupo de intensidade decrescente quanto à prevalência e Regiões de Saúde - tudo isso para dar idéia, em pormenores, inclusive estatísticos, da real posição que a hanseníase desfruta na Região Norte, com as elevadas cifras de prevalência e, mesmo, de incidência, perante as demais Regiões do país, e denotar a grave situação de que a endemia se reveste, no Brasil globalmente e naquela Região, em particular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1- AMAZONAS. Secretaria Estadual da Saúde. C.D.T.V. Alfredo da Mata. Tabelas da situação epidemiológIca do programa de hansenfase, segundo as regionais do estado do Amazonas no ano de 1986. (s.n.t.)
2 - BOLETIM NACIONAL DE EPIDEMIOLOGIA, Brasilia, v.1, n.7, jul./ago. 12p.
3 - BORGES, M.V.; TAUIL, P.; ALBORNOZ, R. Situación de los Programas de Control de la Lepra en las Americas. Washington, D.C., Organización
Panamericana de la Salud, 1988. 132p.
4- BRASIL. Ministério da Searle. Secretaria Nacional de Programas Especiais de Saúde. Divisão Nacional de Dermatologia Sanitária. Hanseníase. Conhecer e Integrar para controlar relatórios dos encontros macroregionais de hanseníase, avaliação desempenho 1986. Brasília, 1987. -92p. (mimeografado).
5- BRITTO, R.S. Estágios da hanseníase na Região Norte, triênio 198311986. Belém, SU- DAM, 1987. 19p.
6- BRITTO, R.S. Hanseníase. In: SAÚDE na Amazônia. Sao Paulo, Associação Nacional de Programação Econômica e Social, 1983. p. 86-93.
7- BRITTO, R.S. Hanseníase na Região Norte. Hilélia Med., 3(2):37-47, 1981.
8- BRITTO, R.S. Mal de Hansen: mensurações em torno da morbidade na Região Norte em 1980. Belém, SUDAM, 1982. 25p.
9- BRITTO, R.S. Perfil da hanseníase na Região Norte, biênio 1981/1982. Hilélia Med., 7(3):49-62, 1984.
10- BRITTO, R.S. & COSTA, L.A. Hansenose no Pará: morbidade em geral e incidência em faixas etárias limites. Hiléia Med., 3(1):45-65, 1981.

Downloads

Publicado

30-11-1989

Como Citar

1.
BRITTO R da S. Hansenose em foco na região norte do Brasil -1986. Hansen. Int. [Internet]. 30º de novembro de 1989 [citado 21º de julho de 2024];14(2):87-100. Disponível em: https://periodicos.saude.sp.gov.br/hansenologia/article/view/36496

Edição

Seção

Artigos originais